NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

JANEIRO MERECE POESIA

Janeiro é um mês, quase inteiro,
de frio, chuva, nevoeiro.
Mas há um sol em janeiro,
um sol discreto e fagueiro,
em raras manhãs de azul,
que sorri por entre o frio
e acende um pequeno braseiro
no coração mais sombrio.




Poema de: João Pedro Mésseder
Ilustração de: Ana Biscaia
in, O livro dos meses, edição de Lápis de Memórias

4 comentários:

  1. Eu sabia que Janeiro,
    também merece poesia
    como nadar um fuzileiro
    de água doce não sabia!

    Escrito em dia de intenso nevoeiro,
    no Lago Niassa, navegando na Piroga
    na cubata escrevendo o cancioneiro
    toda noite nos braços duma cachopa!

    Tenhas uma boa tarde amigo António,
    uma abraço.

    ResponderEliminar
  2. Esta poesia parece tirada daqueles velhos almanaques que me lembro de ler em criança. Vinha lá tudo, o que semear, o que plantar, o que colher, o tempo, as fases da lua, provérbios e não sei quantas coisas mais.
    Agora está tudo na internet!!!

    ResponderEliminar
  3. Excelente escolha, lindo poema
    Bom Ano!
    Um abraço
    Maria

    ResponderEliminar