NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

FELIZ 2016...


Na TAP, no TGV, de bicicleta, a ouvir o fado português, ou a bailar num qualquer relvado do nosso jardim!
QUE TENHAM TODOS UM BOM FINAL DE ANO!

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

ESPERA POR MIM 2016...


Segundo previsões para a Figueira na passagem de ano, vai estar uma noite amena, sem vento e sem chuva, a esperança de que 2016, vai ser um ano melhor para todos nós, está no nosso pensamento e nos nossos sonhos desde o dia 25 de abril de 1974, esperando sempre que se torne realidade mas...


Mais um desafio de uma longa maratona irá começar na próxima sexta-feira, o pior é que estou a ficar cansado, com os meus 73 passados, cansado de trabalhar para pagar honestamente os meus impostos e compromissos, cansado de ver tanto desvio a passar impune à justiça, cansado de tanta promessa que fica por cumprir, cansado de ver a luta contínua do meu povo trabalhador, sem ver aquela luz ao fundo do túnel que tanto anseia, cansado de ver tanto jovem a virar as costas ao país que os viu nascer, cansado de ouvir as bárbaras notícias de guerras sem sentido, estou a ficar cansado da minha própria batalha!


Mas espera por mim 2016, mostra-me o meu país a sorrir novamente!

sábado, 26 de dezembro de 2015

PASSOU-SE...


Com a Maria Mansa como companhia ninguém ficou triste!


Com as merendeiras e o bolo-rei, a acompanhar deu para sorrir!


Mais o Vila Real, deu para saltar!


Às duas da madrugada, deu para dormir!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

EM PALHINHAS DEITADO...


Nasceu Jesus de Nazaré, numa noite fria do dia 24 de dezembro, apenas aquecido com o bafo do burro e da vaquinha, Ele lá estava em palhinhas deitado!


Lá fora os amigos de José e Maria, preparavam a ceia, alegres porque tinha nascido o Salvador!



Guiados pela Estrela do Oriente, os Reis Magos seguem em direcção ao estábulo!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

QUASE A CHEGAR A BELÉM...


O que é que estavam a pensar? Eu desses nem quero falar...
Só falo de pessoas pobres, humildes e com o coração virado para a humanidade!
Estão quase a chegar e com ELES, virá a esperança para um mundo melhor.


Amanhã chegarão e aqui nascerá o SALVADOR!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

UMA CANÇÃO DE NATAL PARA TI...



Cuidado com os diabetes e tenham UM FELIZ NATAL em família!

                                 Se fores conduzir bebe água!

Eu vou ajudar a fazer os doces e partir a menina (abóbora) ao meio, até já.




CHEIRA A NATAL NO JARDIM MUNICIPAL...


Nas Praças General Freire de Andrade, 8 de maio, ou Rua da República é uma tristeza, talvez porque os chineses não festejam o natal, será?


Mau piso, mas não te despistas, os troncos das árvores estão iluminados!


Vamos esperar que este sobrevivente do Oásis, não bata as asas na véspera de natal!


E por estarmos na semana do natal, basta umas talhadas de pera-melão, umas rodelas de Kiwis, uns gomos de clementina, um fio de mel por cima, vai ao frigorífico uma hora e aí tens uma bonita e deliciosa sobre-mesa!
TENHAM UM FELIZ NATAL.

domingo, 20 de dezembro de 2015

UM EXCELENTE DOMINGO...


Na cu/zinha que está mais quentinho, um abraço a todos os benfiquistas, aos portistas e já agora aos sportinguistas, assim ninguém fica a chorar ao descascar a cebola!

sábado, 19 de dezembro de 2015

O BUSTO DE ALVES BARBOSA VOOU...

Roubaram bustos de Alves Barbosa e Albino Pereira dos Santos

Posted by 
Foto de Jot’Alves
Os bustos de Alves Barbosa Albino Pereira dos Santos, ambos em bronze, foram furtados, durante anoite de sexta-feira e a madrugada de sábado (hoje).
O monumento do antigo campeão de ciclismo encontrava-se na urbanização Encostas do Mondego, na Fontela, sua terra natal, Figueira da Foz. Foi inaugurado em outubro de 2007. A Junta de Freguesia de Vila Verde participou a ocorrência à PSP.
Quanto a Albino Pereira dos Santos, o busto encontrava-se na praça central em Alqueidão com o nome deste benemérito local e impulsionador da criação da freguesia e da filarmónica alqueidenenses.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

DESCUBRA COMO É A CEIA DE NATAL FRANCESA...



Descubra como é a ceia de natal francesa


ceia_top
Chegou a época do ano mais esperada pelas crianças, que também é uma das preferidas de grande parte dos adultos. Seja você religioso ou não, o natal é a época de reunir a família e preparar aqueles pratos típicos que só encontramos nas mesas no fim de ano. Na França, a ceia de natal também é bem farta e apresenta algumas similaridades com a nossa ceia brasileira.
A entrée(entrada)
aperitivo
Uma entrada típica das ceias de natal francesas é o fois gras. Vendido em blocos, o fois gras é cortado em fatias e servido com torradas, acompanhado por champagne. Não se esqueça de brindar com todos, olhando bem nos olhos na hora de trincar as taças. Caso contrário, a tradição diz que ambos terão 10 anos de sexo ruim. E olha que muita a gente leva essa tradição a sério! Outras entradas incluem ostras ou salmão defumado servido com pão de forma.
O prato principal
dinde
O prato principal francês se assemelha a um dos pratos presentes nas ceias brasileiras: o peru(dinde de noel). Na França, o peru é geralmente recheado com marrons, uma espécie de castanha que também é utilizada no preparo do marrom glacê, um doce bem conhecido no mundo todo. Outros pratos incluem a lagosta, ganso ou chapon(uma espécie de frango).
A sobremesa
buche
Depois do queijo, é hora de comer a sobremesa. Uma sobremesa típica do natal francês é a bûche de noel, um tipo de bolo de rocambole recheado com um creme de chocolate. O nome bûche faz referência ao formato do bolo, que segundo as tradições que datam da idade média, na qual as pessoas costumavam queimar um pedaço de lenha idealmente de uma árvore frutífera que deveria durar da noite de natal até o ano novo. As cinzas eram em seguida usadas para fertilizar a terra.

A MAIS BELA CANÇÃO DE NATAL FRANCESA!


quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

UM JARDIM DE NATAL NA FIGUEIRA DA FOZ...



O presépio preparado pelos Bombeiros Municipais da F.da Foz!


Ao vivo para crianças e adultos,o Batatinha e a Dara!






Não falta animação, visitem a Figueira da Foz neste Natal!

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

DOIS DIAS NA CAPITAL...


Foram dois dias, com vontade de ficar um mês!


Creio que toda a gente conhece a paisagem!


Este abraço vai para todos os meus queridos leitores/as!


Momentos para descontrair, depois do almoço!


E come-se bem na tasca velha!


Visita ao museu da electricidade!


Será que ele sabe o que está a fazer?


A minha 1ª visita ao Museu Charles Darwin em Oeiras, digo 1ª, porque espero voltar, para com mais calma ler todas as suas aventuras e poemas, recomendo aos amigos.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

10 DE DEZEMBRO, DIA INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS...


(Tirado da Associação APRE!)

No dia 10 de Dezembro de cada ano, celebra-se o Dia Internacional dos Direitos Humanos, visando esta “data homenagear o empenho e dedicação de todos os cidadãos defensores dos direitos humanos e colocar um ponto final a todos os tipos de discriminação, promovendo a igualdade entre todos os cidadãos.

Comemoração do Dia dos Direitos Humanos


A celebração da data foi escolhida para honrar o dia em que a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou, a 10 de dezembro de 1948, a Declaração Universal dos Direitos do Homem.

Esta declaração foi assinada por 58 estados e teve como objetivo promover a paz e a preservação da humanidade após os conflitos da 2ª Guerra Mundial que vitimaram milhões de pessoas.

A Declaração Universal dos Direitos do Homem enumera os direitos humanos básicos que devem assistir a todos os cidadãos.

Este dia é um dos pontos altos na agenda das Nações Unidas, decorrendo várias iniciativas a nível mundial de promoção e defesa dos direitos do homem.

O dia 10 de dezembro é também marcado pelo entrega do Prémio Nobel da Paz."

Comemoração do Dia dos Direitos Humanos em Portugal


Em Portugal, a Assembleia da República reconheceu a grande importância da Declaração Universal dos Direitos do Homem, ao aprovar a 10 de Dezembro de 1998, a Resolução da Assembleia da República n.º 69/98, publicada no Diário da República, I Série A, nº 294/98 de 22 de Dezembro, e com as alterações introduzidas pela Resolução da Assembleia da República n.º 48/2002, de 20 de Julho, a qual no seu ponto 1, institui o dia 10 de Dezembro de cada ano como Dia Nacional dos Direitos Humanos

Para celebrar este dia, foi igualmente instituído no ponto 2 da Resolução n.º 69/98, O Prémio Direitos Humanos, que em 2015 foi atribuído à Plataforma Global de Assistência Académica de Emergência a Estudantes Sírios, "pela resposta que, em tempo real, ofereceu, logo no início da atual crise dos refugiados, aos jovens sírios", e à Associação dos Deficientes das Forças Armadas, "pelo seu papel notável de 41 anos de apoio aos ex-combatentes vítimas da guerra colonial".​


segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

E ASSIM NÃO NOS DEIXAM MAIS...



OS PORTUGAS SÃO DANADOS PARA INVENTAR ANEDOTAS!!

Dois libaneses (considerados refugiados de guerra!) chegam a Lisboa, sem dinheiro nem trabalho, e diz um para o outro:

- Vamos-nos separar para pedir dinheiro e no final do dia reunimo-nos para ver quanto cada um de nós conseguiu. 

O outro aceita e então cada um vai para o seu lado. Já à noitinha encontram-se de novo e pergunta um para o outro:

- Quanto é que conseguiste?

- 10 euros! … respondeu o amigo.

Pergunta o primeiro:

- E como fizeste?

Fui para o parque Eduardo VII e pintei um cartaz:

NÃO TENHO DINHEIRO, NÃO TENHO TRABALHO, TENHO 3 FILHOS, POR FAVOR, NECESSITO AJUDA!

 E de seguida pergunta :

- E tu, quanto fizeste?

- Consegui  7.690 euros…

Diz espantado o segundo:

- Meu Deus!!! Como é que fizeste para conseguir tanto dinheiro?

Explica o amigo:

- Fiquei na Rua Augusta perto do Rossio e escrevi um cartaz assim:

 - FALTAM-ME 10 EUROS PARA VOLTAR PARA A SÍRIA.


Paulo Telheiro
Damaia - AMADORA
Tel- 21 474 9126
TM- 91 778 0221

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

O SONHO DO PAI NATAL...

CONTO DE NATAL!


 Estamos no mês de dezembro, mês de Natal! Mês de união familiar, de união de todas as crenças religiosas, vamos todos dar as mãos neste Natal e pedir para acabarem os ódios, as guerras, a fome no mundo! Hoje trago-vos este conto de Natal, para lerem ao conforto da vossa lareira, não esquecendo  aqueles que nunca a tiveram!...
O Pai Natal estava a sonhar um lindo sonho, do qual não queria acordar. Era véspera de Natal e todos estavam felizes!
Ninguém estava sozinho! Todos tinham família, e uma casa onde estar, com a mesa pronta para a ceia de natal e com comida para todos. Não havia pobreza, nem ódio, nem guerras. Todos eram amigos, não havia brigas, palavrões nem má educação, e o Pai Natal via como todos eram carinhosos uns com os outros. As pessoas que se encontravam nas ruas, a caminho de casa, cantarolavam alegremente músicas de natal, levando as últimas prendas para colocar debaixo do pinheiro. Nem cão nem gato estavam sozinhos nesta noite fria. Todos tinham um lugar aconchegado onde ficar.
E o Pai Natal não conseguia deixar de sorrir, de tanta felicidade ao ver o mundo cheio de paz, amor e harmonia!
Mas o Pai Natal acordou e viu que tudo não passara de um sonho maravilhoso, e ficou triste. Só algumas pessoas no mundo eram felizes, capazes de celebrar o natal em alegria, paz e comunhão com os seus, de terem um lar, comida, roupa e amor.
Então o Pai Natal pensou: Terei de continuar a ajudar crianças e adultos a ter um Natal Feliz!
Vou preparar as renas e o meu trenó, para enchê-lo com prendas e distribui-las esta noite, de modo a que, pelo menos uma vez por ano, haja alegria no coração de todos nós!.
E assim o Pai Natal continua, ano após ano, a cumprir a sua tarefa, até que um dia possa ver o seu lindo sonho concretizado.
Ho, Ho, Ho! Feliz Natal a todos!