NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

segunda-feira, 19 de setembro de 2016


Inquérito. Diz-me onde vives, dir-te-ei se és feliz
MARIANA MADRINHA19/09/2016 09:50
Perceber o que acham os europeus da qualidade de vida que têm é a meta a que, a cada três anos, o Eurostat se propõe. Nas respostas ao inquérito feito a mais de 40 mil europeus conclui-se que os habitantes do norte da Europa estão mais satisfeitos do que os do sul

Qualidade de vida, essa ideia tantas vezes etérea, outras tantas posta na gaveta do ramerrame do dia-a-dia. Algo que certamente todos queremos alcançar, mas nem todos encontramos. Qualidade de vida será, ao estilo de “Into The Wild”, sinónimo de ar puro e fuga total dos moldes da sociedade? Ou é ter rendas simpáticas e transportes de cinco em cinco minutos? Ou, num exercício de imaginação, viver numa cidade em que a palavra “trânsito” apenas aparece no dicionário? De três em três anos, o Eurostat realiza um inquérito em 79 cidades da União Europeia às quais junta municípios da Islândia, Noruega, Suíça e Turquia para tentar perceber isso mesmo: o que sentem os habitantes em relação à qualidade de vida (ou falta dela) das suas cidades. Os resultados do inquérito foram conhecidos no início do mês. 
                                           (Jornal I)



4 comentários:

  1. Pudera. Eles têm muito melhor vida que nós.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Qualidade de vida é ter saúde e dinheiro. O resto vem por acréscimo!

    ResponderEliminar
  3. Esqueci-me de dizer que escolheste uma belíssima fotografia da cidade do Porto com a Ponte de D. Luís I em evidência. E nem sequer faltou a gaivota para lhe dar um toque de realidade.

    ResponderEliminar
  4. Quem não tem saúde, também não tem qualidade de vida,
    passa fome, quem não tem dinheiro para alimentos comprar,
    enquanto se vive sem alimentos para se alimentar, vida sofrida
    com ou sem qualidade de vida, no fim da vida tudo vai acabar!

    ResponderEliminar