NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

quarta-feira, 30 de maio de 2012

NINGUÉM FAÇA MAL!

Conhecida que é a lentidão da nossa justiça, levou-me a recuar ao reinado de D. João IV, para compararmos o procedimento de quem tem o poder de decisão.

                                                                            oo00oo
  Certo demandista, aprisionado na teia inextricável da labiríntica justiça, após ter consumido os seus interesses e persistência, ano após ano, à espera da solução dum pleito, entravado pela inacção da justiça, fez subir ao rei as suas queixas amargas.
  D. João IV mandou investigar e foi informado de que o mal provinha da inércia do escrivão.
  Apenas conheceu os resultados da devassa, ordenou que, na madrugada seguinte, o indolente funcionário fosse chamado ao paço e ali aguardasse o mandato real.
  Mal flutuam as primeiras claridades da manhã, o escrivão apressara-se a cumprir as determinações de el-rei.
  Recebido numa sala do paço, ali esperou  aborrecido, esfomeado, a ferver e a referver de impaciência, que D.João IV se lembrasse dele.
  É já noite, quando uma porta se abre e, afastadas as pregas do reposteiro, surge o rei. Encara o aspecto sucumbido do escrivão e diz-lhe com ar severo:
  -Estás cansado de esperar um dia para me falar? Durante estas horas não reflectiste como custará aos que demandam justiça o esperarem dias, meses e até anos, que a tua cupidez, a tua má-fé, ou a tua preguiça, lhe  permitam obtê-la?
  Vai com esta pequena lição, dada pela minha clemência, em substituição do castigo que mereces e te daria, se não conhecesse algumas atenuantes para a tua culpa. Livra-te, porém, de que outra queixa suba aos meus ouvidos!
  Acabrunhado, o escrivão curvou-se reverente e saiu depois de verificar, por experiência própria, que ninguém deve fazer aos outros o que para si não deseja.

                                                                                   Emília de Sousa Costa, (Lendas de Portugal)

4 comentários:

  1. Gosto muito de lendas e conheço muitas mas não conhecia esta.
    Obrigada pela partilha
    Um abraço e vamos lá ver se desta vez o comentário entra

    ResponderEliminar
  2. Está com dificuldades em comentar Amiga?
    Até ao momento, ninguém se tem queixado e eu não noto qualquer anomalia, mas vá dizendo alguma coisa tá!
    Já experimentou, no caminhada do oeste?
    O meu abraço

    ResponderEliminar
  3. Precisamos trocar por um D.João o nosso Cavaco!

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde meu querido amigo,como sempre postando coisas gostosas de se ler...é muito gratificante entrar nos
    Blogs e ver maravilhas que a gente acaba voltando sempre
    Eu gosto da sua visita
    Eu gosto do que vc posta
    Parabéns por tudo
    Abraços
    Rita!!!!

    ResponderEliminar