quarta-feira, 8 de março de 2017

PARA TI, MULHER, COM AMOR!

MULHER

Um aroma suave
exalou das mãos do Criador,
quando seus olhos contemplaram
a solidão do homem no Jardim!
Foi assim:
o Senhor desenhou
o ser gracioso, meigo e forte,
que Sua imaginação perfeita produziu.
Um novo milagre:
fez-se carne,
fez-se bela,
fez-se amor,
fez-se na verdade como Ele quer!
O homem colheu a flor,
beijou-a, com ternura,
chamando-a, simplesmente,
Mulher!
Ivone Boechat

6 comentários:

Edumanes disse...

A mulher é como a flor,
não se deve amachucar
com beijinhos de amor
a saibamos bem amar!

Para todas as mulheres do mundo desejo muita saúde, paz, felicidades, amor e carinho.E para ti amigo António, um abraço.
Eduardo.

Tintinaine disse...

Há por esse mundo fora muitas mulheres que o não merecem. O que fazer com essas?

Elvira Carvalho disse...

Obrigado amigo. Um abraço especial para a D. Celeste.
Abraço

Janita disse...

Caro António, li o seu comentário no Sexta-Feira, blog da amiga Elvira Carvalho e não pude deixar de vir corresponder ao simpático abraço com que envolve todas as Mulheres de uma maneira geral, neste Dia que lhes/nos é dedicado.
Muito obrigada. Adorei o poema e as flores.

Janita

alegriadeviver.blogspot.com.br disse...

Obrigada pela visita e mensagem deixada em meu espaço nobre poeta.
Abraços!

Consultora em Educação disse...

Mulher

Ivone Boechat (autora)

Um aroma suave
exalou das mãos do Criador,
quando seus olhos contemplaram
a solidão do homem no Jardim!
Foi assim:
o Senhor desenhou
o ser gracioso, meigo e forte,
que Sua imaginação perfeita produziu.
Um novo milagre:
fez-se carne,
fez-se bela,
fez-se amor,
fez-se na verdade como Ele quer!
O homem colheu a flor
beijou-a, com ternura,
chamando-a, simplesmente,
Mulher!