NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

segunda-feira, 18 de maio de 2015

A PRAGA DAS MINHAS CEREJAS...


São estes que não são melros, mas sim estorninhos, que todos os anos as limpam em três dias e só deixam as folhas, o estorninho preto é muito semelhante ao melro


Ataca em bandos e abundam no Baixo-Mondego e Ria de Aveiro, adaptam-se com facilidade ao ser humano e não têm medo de espantalhos


Já não sei o que hei-de fazer para salvar as minhas cerejas, acho estranho não ver espantalhos nas cerejeiras de Resende, ou Cova-da-Beira e nem sequer aparecem picadas


Não gosto de utilizar a caçadeira porque nunca nenhum preto me fez mal, nem sou racista, mas dá vontade de fazer um petisco de estorninho preto


Para o próximo ano, se as finanças estiverem estáveis, estou a pensar comprar uma rede para cobrir as cerejeiras, se algum dos meus amigos tiver uma ideia mais económica, desde já ficarei agradecido!
Com o meu abraço, uma boa semana para todos/as.

5 comentários:

  1. Pede ajuda ao governo...
    de cerejas enche os sacos
    os melros não têm medo
    desses teus espantalhos.

    Não tens alternativa,
    eles são mais do que muitos
    pede ao Cavaco que leve a fisga
    em troca dá-lhe dois presuntos?

    Pode ser que a sua muita barulheira,
    espante todos esse pássaros
    são piores do que tiros de caçadeira!
    por que não contratas um grupo de deputados?

    Tenhas uma boa tarde amigo António.

    ResponderEliminar
  2. Já os contratei a todos, mas não aguento tanto ladrão, os estorninhos ainda me deixam as folhas, mas esses levam as filhas e os netos à falência!
    A fisga desse cavaco enfiava-lha no sim senhor.
    Para ti que mereces vai o meu abraço!

    ResponderEliminar
  3. Pois deve ser desesperante, mas eu não tenho nenhuma ideia.
    Um abraço e uma semana, sem estorninhos

    ResponderEliminar
  4. Realmente, não é nada agradável,mas não entendo como fazem os grandes produtores de cereja para não verem a produção de cereja dizimada pelos pássaros. Alguma maneira há-de haver...porque por lá não parecem haver espantalhos.
    xx

    ResponderEliminar
  5. Acho que na zona das cerejas não há estorninhos que cheguem para tanta cereja.
    Aqui no meu lado só cá aparecem no tempo dos figos. A razão deve ser por haver tão poucas cerejeiras à beira-mar que ainda as não descobriram.
    Se queres salvar algumas vais ter que te sentar em cima da cerejeira e tomar conta delas.
    Um aqbraço!!!!!

    ResponderEliminar