NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

segunda-feira, 30 de julho de 2012

O CAUTELEIRO!

O CAUTELEIRO

O cauteleiro é velho. Envelheceu
A vender ilusões pelas vielas.
Nos bairros pobres todos o conhecem,
A todos vendeu sonhos em cautelas.

Pequenos, grandes sonhos... À medida
Das várias ambições.
Grandes sonhos de viagem, de aventura,
De glória, de esplendor.
Pequenos sonhos de pequeno amor,
De modesta ventura.

O cauteleiro é velho, mas que importa?
Continua a apregoar cautelas brancas
E a vender ilusões de porta em porta.

 FERNANDA DE CASTRO,  Asa no Espaço

Não é pobre o que tem pouco, senão o que cobiça muito.


domingo, 29 de julho de 2012

PERIGO NA MARGINAL!

Ontem, sábado 15h00, na minha caminhada eu vi...candeeiro de iluminação pública que, a não estar desativado, pode ser assassino, em frente ao Papão (PASTELARIA), que não é papão, porque os seus colaboradores até são bastante simpáticos. Entre a ciclovia e o passeio, este candeeiro de boca aberta, este sim é um papão perigoso porque parece sorrir para nós, mas atrai a curiosidade das crianças e assusta o papá, ou a mamã, se verem o seu filhote correr em direção a ele, não posso afirmar se está ou não desativado...mas o que assusta os adultos, lá isso assusta! Vá lá, S.res responsáveis, metam a tampa no sítio devido.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

OLHÓ «PALHINHAS»!

                                                   DEUS JÁ NOS TOPA À DISTÂNCIA


Nas "Citações e pensamentos "de Eça de Queirós pode ler-se" Diz-se geralmente que, em Portugal, o público tem ideia de que o Governo deve fazer tudo, pensar em tudo, iniciar tudo: Tira-se daqui a conclusão que somos um povo sem poderes iniciadores, bons para ser tutelados, indignos de uma larga liberdade, e inaptos para a independência. A nossa pobreza relativa é atribuída a este hábito político e social de depender para tudo do Governo, e de volver constantemente as mãos e os olhos para ele como para uma Providência sempre presente".
 Isto até nos faz lembrar que a populaça, de facto, gosta sempre muito daqueles que ganham...Vota neles, mas quando as coisas correm para o torto, "não senhor, eu até nem votei nesses tipos!..."Mas, lá no fundo, o que há-de fazer?" A política é lá para esses gajos". "Isto foi sempre assim"...Pois é...às vezes até dá jeito ser apoiante do governo...Talvez, por isso mesmo, quando Deus criou o mundo, para que os homens fossem capazes de levar esta coisa para a frente, concedeu-lhes duas virtudes. Assim, aos ingleses fê-los persistentes e estudiosos, aos japoneses atribuiu-lhes a capacidade de trabalho e muita paciência. Aos italianos fê-los alegres e românticos, enquanto aos franceses fez deles cultos e refinados. Mas, quando chegou aos portugueses... voltou-se para o anjo secretário e disse que os portugueses iriam ser inteligentes, boas pessoas e partidários do partido do governo.
 Alto!- disse o anjo e, voltando-se para Deus, acrescentou "Senhor, deste a todos os povos duas virtudes e aos portugueses três. Isto vai dar-lhes cá uma destas vantagens... Cuidado!..."Deus refletiu e disse" Eh pá! Tens razão... mas, sabes como é, agora já é tarde, até porque as virtudes divinas não se podem tirar... por isso, os portugueses passam a ter qualquer das três, mas a mesma pessoa só pode ter direito a duas virtudes. Assim seja que:
                                           a) Português que seja do partido do governo e boa pessoa, não pode ser inteligente.
                                          b) O que é inteligente e do partido do governo, não pode ser boa pessoa.
                                     
                                          c) O que é inteligente e boa pessoa, não pode ser adepto do partido do governo.
                                                                                                                                    Palavra de Deus

ANIMAÇÃO DE VERÃO EM SÃO PEDRO!

 
------PROGRAMA-----

De 28 de julho (amanhã sábado) a 5 de agosto a cova-Gala (Freguesia de São Pedro) é palco da «Feira Mar e Terra», iniciativa promovida pela Junta de Freguesia local e que acontece no parque de merendas.
Todos os dias haverá venda de produtos do mar e terra (sábado e domingo abertura às 8h30, restantes dias às 11h00), destacando-se a área de «tasquinhas» com variados festivais, entre eles o da sardinha e bivaldes (amanhã).
A cerimónia oficial de abertura do certame acontece às 15h30 com atuação do grupo de música cubana «Los Compadres». Às 16h30 a organização oferece sardinha, broa, pão, berbigão e caldo verde, seguindo-se atuação do grupo Musical Band. Por volta das 22h00 sessão de fados com Rosarinho, Luís Oliveira, Carlos Ligeiro, Rui Miccelis e Mariana Imaginário. Nos restantes dias prossegue a animação musical com diversos artistas e bandas.
Na quarta feira, desfile de moda às 21h30 (Vera Fashion e Taisa Kids) com atuação de Sónia Pinto, Mariana Imaginário e Duo Zé e João (Núcleo Jovem de São Pedro)- direção artística de Aldina Matias.
(informação de «O FIGUEIRENSE»)

quinta-feira, 26 de julho de 2012

UMA DICA PARA O ESTADO REDUZIR A DESPESA PÚBLICA!



A empresa Montes Mosale Lda entregou hoje em Majune, 20 bicicletas aos lideres comunitários do 1º escalão. Estes meios vão servir para o controle da caça furtiva, queimadas descontroladas e a comunicação entre os povoados.
                                                                                                         ********************
Este jornal Faísca para quem não sabe, é um jornal Moçambicano com sede no Niassa, achei esta notícia interessante para os nossos políticos poderem copiar!Nas suas deslocações de trabalho, arranjando de imediato postos de trabalho, fazendo um protocolo com uma empresa fabricante de bicicletas, sem poluição o meio ambiente agradecia, não pagavam a motoristas, não enchiam os depósitos de gasóleo, não pagavam os popós de alta gama, com o nosso dinheiro, além de todas estas vantagens não pagavam a ginásios para manterem a forma física, se fizerem esta coisa tão simples, dá para pagar a dívida num ano, devolver os subsídios aos portugueses, baixar o IVA e deixarem de pagar às empresas que só esperam que um fogo comece para lá mandarem os cana-deres e helicópteros para os apagar,vamos lá SR.es políticos façam um sacrifício pelo vosso/nosso país, não peçam só esse sacrifício aos outros portugueses, esses outros que vos elegeram para governar Portugal em democracia.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

ONDE ESTAVA A SEGURANÇA???



Rapaz de 11 anos passa controlo e voa sozinho para Roma

Um rapaz de 11 anos conseguiu escapar a todos os controlos de segurança do aeroporto de Manchester, entrando sozinho e sem documentos para embarcar num voo para Roma, sem conhecimento dos pais. Trabalhadores do aeroporto e da companhia aérea estão suspensos.
Liam Corcoran seguiu os passos de uma família que também embarcava no mesmo voo com destino a Roma. Foi registado pelos pessoal de segurança e passou, depois, sozinho todos os controlos, sem passaporte, talão de embarque, até sentar-se num voo da companhia de baixo custo Jet2.com.
Nem o pessoal do aeroporto, nem a tripulação do avião se aperceberam que a criança viajava sozinha. Só quando o avião estava em voo é que os passageiros viram que Liam estava sozinho e avisaram o comandante do aparelho, que comunicou a situação às autoridades em terra.
Liam Corcoran regressou no mesmo avião que o fez aterrar no aeroporto de Fuimicino, em Roma, a Manchester, onde a mãe estava à sua espera.
Segundo explicou um porta-voz do aeroporto de Manchester, na origem do incidente esteve uma avaliação incorreta da documentação do menor, quer no controlo de segurança, quer na porta de embarque.
"Este assunto extremamente grave está a ser investigado por responsáveis do aeroporto e da companhia aérea", afirmou um outro porta-voz, acrescentando que durante as investigações vários trabalhadores do aeroporto e da Jet2.com foram suspensos.
                                                   J N

domingo, 22 de julho de 2012

UM DIA DE DOMINGO NA MINHA TERRA COMEÇA ASSIM...

Centenas de pessoas, logo às 9H da manhã procuram apanhar berbigão e ameijoas para o petisco do almoço

Pescadores à linha no Portinho da Gala, tentam apanhar algum peixito mais descuidado

Passam pelo Largo Beira-Rio, podendo descansar um pouco à sombra das palmeiras

Chegámos ao parque das merendas, aqui encontrámos música e o baile para quem pretende fazer uma digestão rápida

O melhor parque de merendas do Concelho da Figueira da Foz, ou talvez do país é sem dúvida o da Freguesia de São Pedro

Aqui prepara-se o churrasco para o almoço, ou lanche

Quem quiser fazer desporto, tem futebol de salão, basquetebol, etc.

A minha praia, 5º molho, hoje cheguei atrasado, já não tive lugar para estender a toalha

Avancei um pouco mais para Norte, em frente ao Hospital, tive lugar

Onde encontrei esta Querida, que me autorizou esta foto

Já de regresso, fui convidado por este casal amigo para o lanche à beira-mar, bastante conhecido na Freguesia de São Pedro pela sua capacidade criativa, no desenho e montagem de cenários, para qualquer evento cultural, estando também ligados ao grupo de teatro e colectividade, desejo-lhe muitos e bons anos de vida porque faz falta à localidade.
AMIGOS! Já sabem, para passarem um bom fim de semana , ou umas férias é na Cova-Gala, Freguesia de São Pedro, temos tudo de bom para vos oferecer.

sábado, 21 de julho de 2012

PARECE UM SÁBADO NORMAL DE PRAIA MAS...

Banhistas tomam banho e bronzeiam-se ao sol descontraídos, mas o perigo aproxima-se

Eis que surge ao longe um barco carregado de piratas, aproximando-se da praia

As pessoas apercebem-se que sua intenção é mesmo atracar na praia e ficam alerta

Ao desembarcarem provocam a confusão entre as pessoas, este chefe pirata que aqui vemos ameaça fazer prisioneiras, senhoras e crianças

Os defensores da vila, desconhecem o que se passa na praia e treinam a sua defesa, na eventualidade duma possível batalha

As pessoas nas muralhas, alertam os seus soldados defensores, da aproximação dos piratas que junto ao forte preparam um ataque surpresa, eu como a única arma que tinha era a máquina fotográfica, "dei à sola" soube mais tarde através da rádio, que se deu um sangrento combate, saindo vencedores os soldados defensores da Vila de Buarcos.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

FALECEU JOSÉ HERMANO SARAIVA!

PORTUGAL PERDEU UM GRANDE HISTORIADOR E COMUNICADOR


Biografia

Terceiro filho de José Leonardo Venâncio Saraiva e de sua mulher Maria da Ressurreição Baptista, cresceu em Leiria, onde frequentou o Liceu Nacional. Posteriormente ingressou na Universidade de Lisboa, onde se licenciou em Ciências Histórico-Filosóficas, em 1941, e em Ciências Jurídicas, em 1942. Iniciou a sua vida profissional no ensino liceal, que acumulou com o exercício da advocacia. Desse modo foi professor e, seguidamente, director do Instituto de Assistência aos Menores, reitordo Liceu Nacional D. João de Castro, em Lisboa, e professor do Instituto Superior de Ciências Sociais e Política Ultramarina (actual ISCSP).
Envolvido na política, durante o Estado Novo, foi deputado à Assembleia Nacional, procurador à Câmara Corporativa e ministro da Educação. Durante o seu ministério, entre 1968 e 1970, enfrentou um dos momentos mais conturbados da oposição aoSalazarismo, com a Crise Académica de 1969. Quando deixou o Governo, substituído por José Veiga Simão, foi exercer o cargo de embaixador de Portugal no Brasil, entre1972[5] e 1974.
Com o advento da Democracia, José Hermano Saraiva tornou-se numa figura apreciada em Portugal, bem como junto das comunidades portuguesas no estrangeiro, pelos seus inúmeros programas televisivos sobre História de Portugal. Por esse mesmo motivo, tornou-se igualmente numa figura polémica, porque a sua visão da História tem sido, por vezes, questionada pelo meio académico.
Voltou a leccionar, como professor convidado na Escola Superior de Polícia (atual Instituto Superior de Ciências Policiais e de Segurança Interna) e na Universidade Autónoma de Lisboa.
Pela sua grande capacidade de comunicação, popularizou-se com programas televisivos sobre História e cultura.[6]
Ficou classificado em 26º lugar entre os cem Grandes Portugueses, do concurso da RTP1[7].
É irmão do professor António José Saraiva[8] e tio do jornalista José António Saraiva. É também sobrinho, pelo lado da mãe, de José Maria Hermano Baptista, militar centenário, (n. 1895 - m. 2002, viveu até aos 107 anos) o último veterano português sobrevivente, que combateu na Primeira Guerra Mundial. Casou com Maria de Lurdes de Bettencourt de Sá Nogueira, sobrinha-bisneta do 1.º Marquês de Sá da Bandeira, de quem tem cinco filhos.
Morreu a 20 de Julho de 2012 aos seus 92 anos, em Setúbal, onde residia.

SER DOUTOR E SER FADISTA!

O GRANDE E INESQUECÍVEL, VASCO SANTANA!
Foi um dos maiores atores portugueses, nasceu em Lisboa no dia 28 de janeiro de 1898 e morreu também em Lisboa, no dia 13 de junho de 1958, foi pai de outro conhecido ator português, Henrique Santana e do produtor da RTP José Manuel Santana, foi casado com a também atriz Mirita Casimiro.

quarta-feira, 18 de julho de 2012

terça-feira, 17 de julho de 2012

VOLTANDO AO CARRASCAL!

A mercearia e vinhos que abasteceu a população, era do meu sogro, nos anos 40,50,60,70,80, vindo a ser encerrada pela minha sogra em 1990, como a EDP só decidiu montar as instalações elétricas nos anos 60/70, este foi o 1º candeeiro a petróleo, que fornecia luz ao estabelecimento, aliás, era ele que vendia o petróleo à população, que guardava em bidons

Este foi o 2º candeeiro (Petromax) também abastecido a petróleo, como o próprio nome indica, já com uma luz mais potente e mais clara

Esta foi a 1ª Balança, as pessoas deste tempo lembram-se que a mercearia era vendida a "granel" os clientes pediam 250g de arroz ou massa e o vinho era vendido ao copo, ao litro, meio litro, enfim...Era à vontade do cliente, sendo o pagamento feito no fim do mês, ou até no fim do ano, visto que as dificuldades eram muitas, era um povo que vivia essencialmente da agricultura

Esta foi a sua última balança, uma (AVERY) já mais sofisticada, mostrando o peso do produto ao cliente, só mais tarde começaram a aparecer as de disco e agora as eletrónicas

O calendário da minha empresa, que ele (Sogro) fazia questão de todos os anos pendurar na parede da sua loja

O chaveiro, agora já sem a chave do cofre
Outros tempos, outro modo de vida, talvez mais saudável e alegre, mas que eu espero não regresse ao meu país.

domingo, 15 de julho de 2012

VENHAM COMIGO À MINHA ALDEIA!

Fotografia
Hoje vou levar-vos à aldeia onde nasci, (CARRASCAL) venham comigo, vou fazer de cicerone na aldeia que me viu crescer

Vamos subindo pela rua da fonte, podemos ver à esquerda, a ponta do aterrasse da vivenda que construí em 1972

Contornando a aldeia pela direita e subindo ao monte mais alto, fica a capela de S.to António, mandada construir Há alguns séculos atrás em terreno, na altura particular dum SR. António dos Santos, conta a história que foi uma promessa, por ter tido boas colheitas de arroz, ao fundo, pode ver-se a casa onde nasci, ao cimo da vinha, com a chaminé ao meio do telhado
(Clicar nas fotos para ampliar)

A capela de Sto António, que não deve estar muito satisfeito por ver a sua zona envolvente, pouco cuidada, todos os anos faziam uma festa em honra do Santo, mas nos anos 60 com a emigração, a aldeia começou a ficar só com as pessoas idosas e as festas foram acabando, hoje temos imigrantes Ingleses e Holandeses, que começaram a comprar as casas antigas e a recuperá-las, mas são pessoas já reformadas que procuram sossego 

Eram 17,00H e do alto onde estava, a minha câmara captou este incêndio na direção do Formigal, temos nomes engraçados, como podem ver no mapa, até temos (SACA BOLOS), para levarmos a sobre-mesa, antes de entrarmos em Carrascal, em baixo a apresentação da Freguesia.


APRESENTAÇÃO

No extremo Noroeste do Concelho de Soure, situa-se a Vinha da Rainha. Freguesia com uma área de 20,4 Km2, tem uma população de 1583 habitantes. Os testemunhos materiais da ocupação humana remontam ao Neolítico, como atesta o sítio do Forno da Cal escavado pelo arqueólogo Santos Rocha.
Em 1494, já era sede de freguesia, como comprova o primeiro assento de casamento realizado na igreja de Nossa Senhora da Graça. De 1836 a 1844 pertenceu ao concelho da Abrunheira, passando para o de Verride e depois para o de Soure.
Actualmente a freguesia, que se espraia sobre o vale do Pranto, mantém na agricultura uma importante fonte de rendimento, cotando-se como uma das freguesias mais agrícolas do concelho, apesar da existência de uma zona industrial em Queitide, zona esta que emprega uma grande parte da mão-de-obra disponível na zona.

LUGARES

Vinha da Rainha, Barreiras, Cabeça Carvalha, Carrascal, Casal de Almeida, Casal dos Bacelos, Feixe, Formigal, Mira Olhos, Pedrógão do Pranto, Porto Godinho, Queitide, Saca Bolos, Salguinheiras e Vale de Pedras.


quinta-feira, 12 de julho de 2012

OS ANIMAIS E A QUINTA!

OS ANIMAIS E A QUINTA
Um casal vinha por uma estrada do interior. 
Sem dizer uma palavra. 
Uma discussão anterior havia levado a uma briga, e nenhum dos 
Dois queria dar o braço a torcer. 
Ao passarem por uma quinta em que havia mulas e porcos, o marido 
perguntou, sarcástico: 
- Parentes teus? 
- Sim, respondeu ela. Cunhados e sogra! 

quarta-feira, 11 de julho de 2012

UM SALTINHO À PRAIA!

Hoje num saltinho à praia do Cabedelo, já vi umas "BOAS" ondas para se dar um mergulho

Um pouco de vento, a trazer uns grãozinhos de areia contra nós, mas faz parte da praia, nada que um bom mergulho não resolva, já me estava a esquecer...Esta praia do Cabedelo fica a sul da Figueira da Foz, margem esquerda da foz do Mondego, para quem não conhece, venham conhecê-la, é uma praia maravilhosa para surfistas, banhistas, turistas e mais coisas terminadas em "istas".

terça-feira, 10 de julho de 2012

A MINHA CIDADE FRANCESA!


OYONNAX
Está localizada a norte do departamento de Ain, no extremo Norte do Alto Bugey, em uma região de lagos, florestas e rios, entre as cidades de Lyon e Genebra, fazem parte de Oyonnax, Dortan, Arbent, Echallon, Charix, Apremon, Bellignat, Geovreisset, Samognat, Grilles, Bouvent, Massiat, Chatonnax, Mons e Veyziat, todas estas pequenas vilas fazem parte da cidade, que me acolheu em 1969, sinto muitas saudades, estou a fazer os possíveis para a visitar no próximo ano e pedir às entidades locais, para me deixarem lá continuar até termos políticos democráticos em Portugal, será difícil mas é possível.

segunda-feira, 9 de julho de 2012

domingo, 8 de julho de 2012

SER MÃE EM PORTUGAL!

OLÁ BOM DIA A TODAS AS MÃES DO MUNDO!
Para mim dia das mães, são todos os dias do ano, por isso a todas as mães nós devemos todo o nosso respeito, carinho e afeto, o que infelizmente não acontece no meu país e os nossos governantes queixam-se da falta de Natalidade, então não são eles que fazem passar estas leis? Ora vejam isto: Chegou a hora da minha esposa pedir a reforma que tem direito, como qualquer cidadão/ã, que fez os seus descontos durante 40 anos para a S.Social, enquanto a França lhe pede o nºde filhos que teve e se viveu com eles a seu cargo, com a finalidade de lhe prolongarem os anos de desconto e assim beneficiar do fato de ter sido mãe. 
Aqui no seu país Natal, como não ligam patavina a isso, deram-lhe uma pensão provisória até saberem quanto vai receber da França, para lhe descontarem nos seus direitos, se reclamamos somos penalizados, porque isso está nos decretos leis que eles aprovaram, para se beneficiarem a eles próprios, perante situações deste género, dá-me vontade de falar, gritar e com os meus 70 anos fugir a sete pés daqui para fora, embora goste e ame o meu país que me viu nascer.


sexta-feira, 6 de julho de 2012

CADA UM A PUXAR PARA SEU LADO, NÃO VAMOS LÁ!

A Comissão Europeia espera que o Governo português apresente uma proposta que compense, em termos orçamentais, a diminuição da despesa prevista com o corte de subsídios de férias e de Natal já em 2013, foi nesta sexta-feira anunciado em Bruxelas.

A Finlândia prefere sair do euro a pagar as dívidas dos outros países da moeda única europeia, afirma a ministra das Finanças finlandesa, Jutta Urpilainnen, na edição desta sexta-feira do jornal financeiroKauppalethi.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

PATRIMÓNIO HISTÓRICO EM COMPLETO ABANDONO!

(Clicar nas fotos para ampliar)
Mosteiro de Seiça, propriedade da Câmara Municipal da Figueira da Foz

As oliveiras a dar azeitona, no cimo das torres

A entrada principal do Mosteiro, aberta de dia e de noite, sem necessidade de chamar o porteiro

A degradação do teto, da abóbada da entrada principal

Menos mau este teto, pelo menos não tem silvas

Vamos até à Capela de Nossa Senhora de Seiça, que fica a uns escassos 100m

Aqui, como se pode ler na placa, a Capela e o espaço envolvente, mandados recuperar por dois grandes Senhores, que infelizmente já não estão fisicamente entre nós


Entrada principal da Capela

hitoria do mosteiro:
Mosteiro de Seiça.
Foi D. Afonso Henriques quem mandou construir o Mosteiro em louvor à Virgem Maria devido a um milagre recebido junto da capelinha de Nossa Senhora de Seiça.
Os primeiros monges do convento foram os de Lorvão que naquele tempo pertenciam á ordem de São bento cujo superior foi o Abade D. Paio Egas nomeado para este cargo no ano 1175
D. Afonso Henriques faleceu (1185) sem que a sua obra fosse concluída, mas o seu filho D. Sancho I deu-lhe continuidade, entregando o convento á ordem de S. Bernardo por esta ser considerada um "raro exemplo de virtude e Santidade".
Em Setembro de 1348, a peste negra fez com que o Mosteiro de Seiça sofresse muitas perdas entre religiosos e caseiros. Esta epidemia dizimou 150 religiosos em 2 meses.
Em 1513 D. Manuel ordena a reparação do Mosteiro por este se mostrar bastante degradado. Assim, a igreja foi ampliada e tornou-se num dos melhores templos das redondezas. Devido aos elevados da igreja, uma feira anual franca foi autorizada, por útil para as obras em curso.
Em finais do século XVIII, Frei Manuel de Figueiredo afirmou que o edifício do Mosteiro era regular e bom, "Com uma boa igreja e suficientes oficinas; e vinte e cinco celas, para acomodação dos religiosos, alem da casa dos hospedes".
Em 1895 foi vendido a uma familia que transformou o mosteiro em fábrica de descasque de arroz, fabrica que veio a falir anos depois.
Actualmente é propriedade da Camara da Figueira da Foz tendo sido comprado por Santana Lopes, então líder da autarquia, que adquiriu o espaço por cerca de 225 mil euros, a uma família proprietária do convento desde 1895.
O autarca do PSD prometeu uma "intervenção de fundo" no imóvel, mas, quase dez anos depois, as ruínas do convento continuam à mercê da degradação e do vandalismo. 
A Câmara também está preocupada com o estado de degradação daquele património, mas o problema é que não temos verbas para proceder aos trabalhos de reabilitação do edifício. 
São obras bastante avultadas", disse, ao JN, Duarte Silva (PSD)»
O Mosteiro após varias deligências efectuadas não está classificado pelos serviços do Estado, encontrando-se num estado deplorável de degradação.