domingo, 8 de julho de 2012

SER MÃE EM PORTUGAL!

OLÁ BOM DIA A TODAS AS MÃES DO MUNDO!
Para mim dia das mães, são todos os dias do ano, por isso a todas as mães nós devemos todo o nosso respeito, carinho e afeto, o que infelizmente não acontece no meu país e os nossos governantes queixam-se da falta de Natalidade, então não são eles que fazem passar estas leis? Ora vejam isto: Chegou a hora da minha esposa pedir a reforma que tem direito, como qualquer cidadão/ã, que fez os seus descontos durante 40 anos para a S.Social, enquanto a França lhe pede o nºde filhos que teve e se viveu com eles a seu cargo, com a finalidade de lhe prolongarem os anos de desconto e assim beneficiar do fato de ter sido mãe. 
Aqui no seu país Natal, como não ligam patavina a isso, deram-lhe uma pensão provisória até saberem quanto vai receber da França, para lhe descontarem nos seus direitos, se reclamamos somos penalizados, porque isso está nos decretos leis que eles aprovaram, para se beneficiarem a eles próprios, perante situações deste género, dá-me vontade de falar, gritar e com os meus 70 anos fugir a sete pés daqui para fora, embora goste e ame o meu país que me viu nascer.


5 comentários:

  1. É a pura porca miséria dum país que não tem culpa, mas sim dos governantes que legalmente nos roubam ‘a torto e a direito’ que nem uma ilegal MAFIA o faz!
    Sanguessugas peçonhentas…
    Haja coragem, amigos.

    ResponderEliminar
  2. Bom dia , desejo um bom domingo e
    um feriado agradável.e que sua boa
    semana venha cheia de coisas lindas
    para mostrar o que vc faz de bom
    Parabéns sempre pelas belas postagens
    Abraços
    Rita!!!!!

    ResponderEliminar
  3. António...só lhe posso desejar coragem, para enfrentar tudo isso.

    Em Portugal já nada é fácil!
    Não é fácil ser mãe, não é fácil ser pai. Já nem é fácil ser avô, nem filho, nem neto. Não! Em Portugal já nada é fácil!
    Aliás ainda é fácil ser uma coisa...Político!
    Sim! Isso é fácil!
    Até quando? Não sei!

    Bom domingo
    O meu abraço
    Sónia

    ResponderEliminar
  4. Aguenta amigo
    Grita à vontade
    Com o sorriso
    Da liberdade!

    Muita ser a desigualdade
    Dois países da união
    Num haver mais honestidade
    Aqui haver muito ladrão!

    Não fujas amigo
    Luta pelos teus direitos
    Teu país, teu abrigo
    Embora com muitos defeitos!

    Bom domingo,
    um abraço
    Eduardo

    ResponderEliminar
  5. Pois é Amigo Páscoa, estamos entregues á bicharada, andaram a roubar todos estes anos: poilticos e seus muchachos, e agora somos nós quem trabalhou ou trabalha, os réus do descalabro, e não acredito na regeneração desta gente que se propões receber os nossos votos, estamos fritos.
    Um abraço
    Virgilio

    ResponderEliminar