NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

AS POMBAS

                                          À ESPERA DO TOQUE PARA A REFEIÇÃO
                                                                JÁ NO REFEITÓRIO
Há uns dias atrás, um conhecido blog figueirense falava das pombas do jardim municipal na Figueira da Foz, da sua multiplicação e das lesões causadas na vista duma senhora, eu próprio já fui apanhado no meio do bando, na sua deslocação em grupo quando avistaram uma idosa com o saco de alimento que iria ser despejado, pois bem, tendo o assunto a ver com pombas e não ser minha pretensão criar uma guerra contra elas, que até são o símbolo da paz, venho dizer que o problema não é só na Figueira, mas também na Gala, mais propriamente no Largo das Alminhas, onde todos os dias é despejado um saco de pão, dado por uma senhora que debaixo da sua boa fé, o dá a quem lá vai à porta pedir, o que a senhora não sabe é que não está a matar a fome a quem ela pensa que o vai comer, são as pombas que de seguida o vão largar nas caleiras dos telhados dos prédios circundantes, provocando infiltrações de água quando chove.
Espero contribuir para o despertar de consciências das pessoas que inconscientemente as vão alimentando, é que em tempo de crise, as pombas do Largo das Alminhas não a sentem.

6 comentários:

  1. Boa tarde amigo António,
    Teu texto formidável
    As pombas cagam no património
    O que para alguns é desagradável.

    Os coelhos são piores,
    Contra eles ninguém está
    Não tenhas pena, não chores
    Porque mais merda fará!

    As pombas não têm culpa,
    A culpa é dos coelhos
    Se a elas alguém não acuda
    Só merda terão de comer como os escaravelhos!

    Desejo uma boa tarde para ti, e desculpa, o meu mau feitio. Mas só contra os coelhos!
    Um abraço,

    ResponderEliminar
  2. É o mesmo por todo o lado. Se quiseres levar as da Póvoa ainda te pago um copo.
    E com a crise que vai por aí, qualquer dia vai haver muito arrozinho de pombo (ou pomba)!

    ResponderEliminar
  3. Deixem os pombos e as pombas viver,
    Por favor os coelhos combatam
    Com arroz ou batatas os podemos comer
    Os coelhos com a lepra nos matam!

    ResponderEliminar
  4. Coelhos com lepra! Leva-os para o Alentejo e põe-lhe fogo no cu!

    ResponderEliminar
  5. Para queimar o pouco que, ainda, resta?
    Ele nem fogo no cu merece, porque tem que se gastar um fosforo. Não tens ouvido o que ele tem dito aos piegas.
    Têm que poupar!

    ResponderEliminar
  6. É uma praga que juntamente com uma raça de rolas que por cá apareceram á anos, mais uma raça de passaros pretos que parecem melros ou tordos mas de facto não são destas raças, mas antes uma raça que veio da China e é nova cá, dizia são pragas que se não tomarem medidas que no meu ver era autorização para abater uns milhares, qualquer dia não se pode andar na rua sem andar porotegido por um chapéu de chuva para não levar uma cagadela em cima da careca.
    Um abraço
    Virgilio

    ResponderEliminar