NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

PASSAGEM D´ANO NO COBUÉ



ERA DESTA FORMA QUE PASSÁVAMOS AS PASSAGENS DE ANO NO COBUÉ LEMBRAM-SE?  FOI NO ANO 1967!

11 comentários:

  1. A tua guerra, a mesma que a minha
    Lá longe por onde andamos
    A culpa não foi nossa, alguém a tinha
    Para ela contra vontade fomos empurrados.

    Até parece que fomos os culpados
    Da brutidade de Salazar
    Estamos a ser desprezados
    Pelos políticos que não sabem governar.

    Eles fizera a guerra
    Nós fomos combater
    Deixamos a nossa terra
    Para a Pátria defender.

    Desejo feliz ano novo para ti e para tua família. Que tudo se realize conforme vossos desejos.
    Abraços
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  2. Querido amigo, seu post fala de um tempo em que nasci, outros tempos, tudo tão diferente né!
    Então, eu não entendo pq não consegue comentar com a conta google, eu não entendo muito de computador nem de programas só o básico para eu poder trabalhar... vc sabe que a tecnologia me apavora, ferramentas, botões não são comigo.
    Querido amigo que mora em meu coração, que 2012 seja enfeitado de paz, harmonia e amor para vc e e os seus anjinhos do seu lar!!
    Com carinho
    Hana

    ResponderEliminar
  3. Os comentários no meu blog estavam assim, com a porta meia fechada, desde que alterei o sistema, que não é necessário porteiro, nem verificação de palavras, é só entrarem e sentarem-se à mesa!
    Oh minha amiga Hana, como é bom ser-se jovem, quando a menina estava nascendo já eu recebia cartas de amor da minha amiga Josefina Maria Silva, rua Saldanha da Gama nº 161 Caruaru Pernambuco Brasil, muito me ajudou a passar horas, dias e longos meses de solidão em África.
    Para todo o povo Brasileiro com carinho um bom ano 2012

    ResponderEliminar
  4. Cobué!..Ano 1967,parece que eu também andava por lá!..
    Já agora gostava de saber os nomes dos músicos e acompanhantes para ver se me faz alguma luz.
    Quanto ás crianças...serão filhotes de um grupo de presos(á solta)que o Destacamento,que foi embora lá nos deixou?..
    Várias comissões,muita gente,muitos nomes, deixam alguma confusão.Só me lembro que fui para lá na vez do Sarg.Figueiredo,(a seu pedido por ter a familia em Metangula).O pessoal era do pelotão dele criando mais confusão nas identificações.
    Eramos um DFE e 1 Pelotão,mais um telegrafista e um cozinheiro.Quando o DFE foi embora para Porto Amélia,ficamos lá apenas 01 Sarg e 20 Praças.Tinhamos um posto de transmisões,1 unimog,1 lancha e quatro botes,armamento,munições,1 machamba e o combustivel para cozinhar e fazer o pão era a lenha
    tarefa quase diária.
    Montaram-se novos postos de vigilancia,pescava-se no lago á granada, para não passar fome, havia caçadores que saiam em grupos ,tornando-se em autenticas patrulhas de segurança intermédia.
    De vez em quando lá vinha a LDM trazer mantimentos e era uma festa.
    Muito mais havia a dizer do Cobué mas fico-me por aqui,salientando apenas que para mim,foram uns meses chatos!..bastará lembrar que de 6 sargentos existentes, acabei por ficar sozinho,mas,tudo se resolveu.
    Um abraço amigo,neste ANO, no próximo e sempre caríssimo Páscoa.

    ResponderEliminar
  5. Olá amigo Moisés, falando um pouco do Cobué, depois de tantos anos, algumas coisas a nossa massa encefálica, ainda conserva, lembro-me por exemplo dessa substituição de Sargento, teríamos ido bem acompanhados pelo Sargento Figueiredo, mas não fomos pior com o nosso amigo Moisés, lembro-me de irmos no Zebro à caça de crocodilos com o Tenente Saltão, lembro-me de irmos ao peixe com as granadas de mão, lembro-me que o nosso padeiro era o Lúcio, lembro-me dos petiscos que se comiam no rancho da porca, enfim lembro-me duma série de coisas que não esquecem nunca!
    Quanto às fotos a 1ª à esquerda, o violinista central que me acompanha, não tendo a certeza, penso que é quem nos vendia as laurentinas frescas no bar de Metangula, foto da direita, eu armado em cantor, o Enteiriço que me acompanha, lá atrás a cabeça do nosso barbeiro Ramiro, o que toca o acordeão do Ramiro já não me lembro do seu nome, em baixo tento divertir os negritos tocando tambor!
    Um bom ano amigo Moisés

    ResponderEliminar
  6. Estive no observador,
    Passei para a figueira
    Manda embora essa dor
    Hoje, é dia de brincadeira!

    estou aqui para te desejar.
    Final de ano e feliz ano novo.
    Para ti e para tua família.
    Que tudo se realize conforme
    vossos desejos.
    Abraços,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  7. Li algures que estás engripado e impedido de dar ao pé no Revelion que está próximo, desejo-te as melhoras e um Feliz Ano de 2012, assim como para todos os Teus.
    Um abraço
    Virgilio

    ResponderEliminar
  8. Foste ao fundo do baú buscar estas fotos? Não há melhor para reavivar memórias.
    Boas Entradas e trata da amigdalite. Muito limão e bebidas quentes (se tiveres RUM em casa afinfa-lhe) ajudam muito. Espero que não precises de recorrer ao antibiótico que custa caro e prejudica a saúde.

    ResponderEliminar
  9. Aviso:
    Transcrevi o comentário do Moisés para o blog Escola de Fuzileiros.
    Podem ir lá espreitar, se tiverem curiosidade.

    ResponderEliminar
  10. Para ti famlia e amigos um ano novo com saúde muito amor e boa diposição.
    Parabéns pelas fotos.
    Recordar é viver.
    Um abração
    Valdemar Marinheiro

    ResponderEliminar
  11. Vim correndo te dar um abração de urso, e um beijo estalado de bom!!
    E Claro né querido do meu coração, um FELIZ ANO NOVO, para todo os anjinhos do seu lar!!Vou deixar um texto lindo, espero que vc goste!!

    Peço a Deus que no próximo ano dê a cada um de vocês:Sabedoria!
    -adquirindo sabedoria, vocês automaticamente receberão todas as outras coisas. Desejo, então que sejam sábios para:
    - se vestirem com a beleza dos lírios dos campos;
    - possuírem o suficiente para que sejam cobertas todas as vossas necessidades, mas não o bastante para que pensem que não precisem de ninguém;
    - guardarem a fé mesmo nas provações;
    - em dificuldades, nunca pensarem que é o fim do caminho;
    - na felicidade, nunca se esquecerem de agradecer;
    - no amor, que sejam voluntários;
    - na dor, que sejam solidários;
    - em tempos de guerra, que a Paz possa reinar interiormente;
    - na amizade serem grandes e verdadeiros;
    - que vossas mãos sejam suficientemente quentes para, segurando a mão do próximo, aquecer o mundo numa grande corrente de amor;
    - nunca pensarem que a felicidade é utopia;
    - nunca desacreditarem que o amor vence barreiras;
    - nunca se esquecerem de que temos um Pai que jamais vai nos abandonar;
    - e que essa sabedoria possa estar presente cada minuto pelo resto, não do ano, mas da vida inteira de cada um!
    Autora: Letícia Thompson
    Com carinho
    Hana

    ResponderEliminar