NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

AS ENTRADAS



                                          DIA DE NATAL ENTRÁMOS ASSIM


FOI UM ALMOÇO QUE COMEÇOU ÀS 13,30 H E SÓ TERMINOU ÀS 23,00 H (E VIVA O VELHO)! O QUE SE VÊ NO PRATO JUNTO DA 1ª GARRAFA NÃO SÃO CAVEIRAS, MAS SIM PÃO COM RECHEIO ESPECIAL, ESPECIALIDADE DA FILHA ANABELA, ESTA IMAGEM É SÓ METADE DA MESA PORQUE HÁ CONTINUAÇÃO DE MAIS TRÊS METROS, LADO ESQUERDO AO FUNDO PODE VER-SE A MENINA DE 87 ANOS.

5 comentários:

  1. Obrigado por escreveres em letra maiúscula, os meus olhos agradecem!
    E vai-te preparando para meter de novo os pés debaixo da mesa, no próximo sábado, pois já não falta muito!

    ResponderEliminar
  2. No próximo sábado será fora de casa, vou tentar saltar a Figueira,( oh perdão) queria dizer fogueira e se as minhas canetas me ajudarem será a saltar até às 3 da matina como é habitual, nós Figueirenses somos assim e vós meus amigos, divirtam-se se puderem porque a vida são 2 dias.
    A letra maiúscula é precisamente a pensar na 3ª idade -:)
    O meu abraço

    ResponderEliminar
  3. Este teu almoço, longo, fez-me lembrar, ainda eu era solteiro, jovem e bom rapaz. Lá em Angola, no distrito do Huambo, lá para os lado do Bailundo. Eu e um amigo, da Guiné,de nome Guilherme, chefe de posto da administração civil. Fomos almoçar, com outro amigo do Guilherme, também chefe de posto. Este almoçou e foi trabalhar, nós que estava-mos de férias ficamos sentados junto da mesa. Quando à noite depois de ter saído do trabalho, ainda, nos veio encontrar, eu e o Guilherme nos mesmos lugares.
    O resto não vou contar, porque vocês já sabem o que terá acontecido!
    Aproveitar enquanto se pode, porque o dia de amanhã não se sabe como vai ser. Lá no Alentejo, como sabem, se não sabem ficam a saber.
    Dizia-se noutros tempos. Não guardes para amanhã o que podes fazer hoje! Acho que era errado. Deviam era dizer, não guardes para amanhã o que podes comer hoje?

    Um abraço
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  4. Ó Amigo Páscoa, enganei-me na mensagem e fiz o comentário para esta, na mensagem relacionada com a Madeira, estou mesmo com os péas para a cova.
    Um abraço
    Virgilio

    ResponderEliminar
  5. Sem dúvida... É uma casa portuguesa concerteza!
    Valdemar Alves

    ResponderEliminar