NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

terça-feira, 6 de junho de 2017

ERA UMA VEZ UM ACORDO...

Requiem para um HACORDO HORTOGRÁPHICO
Era uma vez um Acordo
Que de tão mal acordado 
Causou zanga e confusão
Deixou tudo baralhado
O cágado ficou cagado,
Coitado do animal
Tão envergonhado estava
Que deixou de dar sinal
Os egitos no Egito
Não sabiam que fazer
Se ficar pelas pirâmides 
Se beber para esquecer
O junho ficou minúsculo
Todos os outros também   
Gritava o dezembro, fulo:
- Sou agora um Zé-Ninguém !
O pára passou a para
Mas que grande confusão
O trânsito ficou parado
Andava-se em contramão
O pêlo chamado pelo
E já ninguém se entendia
Uns rezavam ao Diabo 
Outros à Virgem Maria
O facto ficou de fato
Mas não lhe serviu de nada
E reclamava sempre:
- Sem o meu “c” não sou nada!
A receção sem o “p”
Sentia-se mesmo mal
Andava tão chateada
Que foi para tribunal.
- Que saudades  do meu “c”!
Lamentava-se o noturno
Grande farrista que era
Tornou-se muito soturno.
Espetadas e espetadinhas
Fugiam dos espetadores
Tinham fama de sexistas
Os desonestos senhores
Vivesse o douto poeta
Homem de bom critério
Diria hoje decerto:
- Vós que lá do vosso império
Decretais Acordo novo
Calai-vos, que pode o povo
Querer um Português a sério!

Notas:
1. Quaisquer grafias mais ou menos estranhas não são resultado do AO mas sim eventual liberdade poética. O “douto poeta” é, obviamente, António Aleixo.
2. Os versos são de autoria desconhecida, mas merecem Parabéns.

5 comentários:

  1. Por quantos anos ainda se vai falar nesta desgraça de acordo?

    ResponderEliminar
  2. boas
    o português é mesmo assim . gosta de complicar.
    JAFR

    ResponderEliminar
  3. Não quero saber do acordo,
    quero é continuar acordado
    não como o cágado mal cheiroso
    por causa da acordo ficou cagado!

    Tenhas uma boa noite caro amigo António. Montado num Drone já prai um abraço!

    ResponderEliminar
  4. Já conhecia. Enfim nem vale a pena falar nele, já que não há nada a fazer
    um abraço

    ResponderEliminar
  5. Bom dia Antonio, Hilário!!
    Aqui no Brasil políticos vivem a acordar grandes roubos!
    Tenha um bom dia1

    ResponderEliminar