NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

PERIGOSA MAS AINDA É PRATICADA...


A MUTILAÇÃO GENITAL FEMININA!
Também conhecida por: (Circuncisão feminina)! Esta prática concentra-se em 27 países africanos,


Em metade desses países, a maior parte das jovens é mutilada antes dos 5 anos de idade! Estou hoje em dia mundial destas práticas, a falar deste arrepiante assunto, porque já nos anos 60, na minha passagem por dois países africanos, me fazia confusão como tal barbaridade podia estar a acontecer!
Esta prática, ou ritual, é geralmente executada, por um Circuncisador tradicional, com a utilização de uma lâmina de corte, com ou sem anestesia.
Temos que falar e consciencializar esses povos dos riscos e consequências para a saúde dessas jovens, que geralmente incluem, infeções recorrentes, dor crónica, quistos, impossibilidade de engravidar, complicações durante o parto, e hemorragias fatais, ( não sendo conhecidos quaisquer benefícios médicos).
(Imagens da NET).

4 comentários:

  1. Perigoso mesmo é criticar costumes milenares de certos grupos étnicos que NUNCA se assimilarão ao modelo existente no nosso Burgo. Todos somos diferentes e ao se criticar a mutilação de uma vagina critica-se igualmente a essência 'de uma cultura-de-merda & a dignidade-de-cirurgiões' que nada, absolutamente nada, tem em comum com A CULTURA PORTUGUESA. Ora se esta malta tem como tradição cortar o clítoris às miúdas, acho que devíamos ser tolerantes e mandar os gajos continuarem com o karaças do ritual, MAS NA TERRA DELES, porque aqui os gajos têm direito a voto, e votar num político que lhes proporcione gilletes de borla é apenas uma questão de % de eleitores... A verdade é que o multiculturalismo, ao querer fazer 'uma kaldeirada com algum peixe pôdre', retira-nos a vontade de comer. Os socialistas ao tentarem impor aos europeus esta aberração kultural está-nos a retirar a nossa identidade, lançando-nos num conflito. Sendo aqui que o Trump & Le Pen entram no filme... O multiculturalismo existe, e até nalguns casos com sucesso, mas certamente não com os fanátikos seguidores de alá. E assim nos reza as não politicamente korrectas estatístikas, desviadas dos mídia pela censura * Valdemar Alves

    ResponderEliminar
  2. Uma barbaridade, contra a qual o ocidente se tem levantado e perfeito várias petições para obrigar os políticos a legislarem a proibição de tal prática. Se bem que o hábito está tão enraizado, que mesmo a lei proibindo onde não houver vigilância eles vão continuar a fazê-lo.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  3. Tenho ouvido falar, mas desconheço esse tipo de cirurgias. Portanto, não comento. Há no mundo tantas coisas mal feitas, como essas e outras que não deviam existir, mas existem!

    Tenha amigo António, uma boa noite.

    ResponderEliminar
  4. Eu nem imagino como é que uma coisa dessas é possível em pleno Século XXI. Só mesmo com os fanáticos do profeta Maomé que tanto quanto sei, enquanto andou por este mundo, bem gostava de mulheres e quanto mais "virgens" melhor.

    ResponderEliminar