NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

A PESQUISA E O ESCLARECIMENTO...

No meu poste de 11 de agosto de 2015, falei da pêra-meloa e houve algumas dúvidas, ou desconhecimento por alguns leitores à cerca deste fruto, fui pesquisar e encontrei isto:


Descrição do produto

Solanum muricatum
Nome vulgar:
PT: Pêra-meloa
ENG: Pepino melon, melon pears, tree melons, bush melons, mellowfruits
Família: Solanaceae
Nome científico: Solanum muricatum
Origem: Sul da América
Habitat: Zonas com clima moderado e sem geadas
Ciclo de Vida: Perene
Preferências de cultivo: Solo bem-drenado mas se for demasiado fértil a planta desenvolverá muitas folhas, pondo em causa o desenvolvimento do fruto. Exposição solar, proteger a planta de temperaturas superiores a cerca de 30ºC, principalmente se estiver em floração.
Forma de propagação: Sementeira – as sementes amadurecem entre setembro e novembro, devendo ser semeadas no início da primavera. A plantação nos locais permanentes deve ser feita entre o final da primavera a o início do verão e devem ser protegidas das geadas no inverno. Uma excelente forma de propagação é através da estacaria.
Características ornamentais: Floração de agosto a outubro. H: 2 m, ᴓ 1 m
Descrição dos cheiros e sabores: Idêntico ao do melão com uma nota de pêra
Propriedades:
Condimentar: o fruto tem um sabor idêntico ao do melão, porém a casca tem um sabor desagradável.
Contra-indicações/ Efeitos secundários /Observações:
Contra-indicações: Apesar de pertencer a um género de plantas tóxicas, não há registos de toxicidade causados pela espécie em questão.
Pragas e doenças, como combater: Não são conhecidos
Como e quando se faz a colheita e/ou poda e quais as partes utilizadas. Quantos cortes por ano?
Partes utilizadas: fruto
Colheita: os frutos devem ser colhidos antes que estejam totalmente maduros e devem ser armazenados durantes algumas semanas numa temperatura ambiente
Se pode ser usada em consociação (repelente/atraente) ou se é biopesticida.
Não são conhecidas.
Curiosidades/Experiências pessoais.
A espécie é nativa do sul da América e o povo Inca utilizava-a na dieta, como amuleto e como planta ornamental. Quando os espanhóis chegaram ao sul da América encontraram a planta por todo o império Inca e troxeram-na para a Europa no séc. XVIII.


As malaguetas como eu mostrei estavam roxas depois de terem estado verdes, agora estão vermelhas, a minha horta não está no Entroncamento, mas sim na Figueira da Foz!
Como podem ver eu só minto quando sou obrigado, dependendo das situações.

3 comentários:

  1. Foste pesquisar nas americas,
    encontraste a pêra-meloa
    no meio das margens frenéticas
    te consolaste com coisa boa!

    Toma lá um abraço,
    sem fazer barulho
    desvia-te do buraco
    feito pelo intruso!

    A tua horta, é na figueira,
    isso já a gente sabe
    que dá laranjas a laranjeira
    seria fenómeno se desse abacate!

    ResponderEliminar
  2. É fruto de outros climas, não admira portanto que eu nunca o tenha visto.
    Depois hás-de contar-nos se ele amadurece como deve ser e se é bom para se comer que é, ao fim e ao cabo, o que interessa.
    E que tenhas uma boa colheita é o que te posso desejar!

    ResponderEliminar
  3. Tenho mais cinco, todas com pêras a crescer, não sei o que isto vai dar, nem sei se gosto porque é o 1º ano, mas como gosto de experiências novas fico à espera!

    ResponderEliminar