segunda-feira, 29 de setembro de 2014

VEM COMIGO NA MINHA CANOA...

Vamos fazer uma viagem até ao Cobué, Moçambique, eu sei que vais gostar, mas se não tens equilíbrio de navegação esquece, porque os bocas grandes e dentes afiados espreitam-te e nem te dão tempo de respirar uma vez!

A velhinha igreja, atualmente recuperada!

O Colégio S. Miguel, que servia de aquartelamento ao exército e marinha!

Belos mergulhos!

O rancho da porca e os bons petiscos!

Reparem neste paraíso!



Eram lindas as residentes! Quero ir matar saudades, de canoa, de avião, de cruzeiro,  a nado, mas quero ir!

9 comentários:

  1. Maravilhosas, todas as imagens estão!
    mas uma coisa tenho que confessar
    nessa tua, canoa, pequena embarcação
    só com aquela morena gostava de viajar.

    Maravilhoso pensamento,
    tiveste em mostrares tudo isso
    só eu e ela naquele convento
    não se me importava estar despido!

    Tenhas um bom dia, com muita alegria, um abraço.

    ResponderEliminar
  2. As fotografias na maior parte saíram encolhidas. Porquê?
    Mesmo assim está tudo uma beleza!

    ResponderEliminar
  3. Saíram encolhidas porque...
    Tu deves saber! Segredo do negócio.

    ResponderEliminar
  4. Quem lá esteve deve ter gratas recordações, já que pretende voltar...:-)
    Boa semana, António!
    xx

    ResponderEliminar
  5. Quem dera puder voltar a Moçambique e a Angola nem que fosse por um dia só. Sabe que eu casei na Catedral de Nampula? Bom na verdade foi um casamento religioso. Já era casada pelo registo há quase 4 anos quando casei em Nampula. O casamento no Barreiro foi apenas para familiares, e quatro anos depois casamento em Napula foi só para os amigos.
    Gente fina é assim, rsrsrs
    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. Quer dizer que casou duas vezes? Mas um fuzileiro aguenta mais que isso!-:)

    ResponderEliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. Vou meter a minha colher,
    onde não estou a ser chamado
    três meses sem ver branca mulher
    um artilheiro no Rio Linho acantonado!

    Artilheiro querias tu dizer,
    será que estou enganado
    um fuzileiro sem nadar saber
    na Lago Niassa, por moça morena foi salvo!

    ResponderEliminar