NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

quinta-feira, 18 de julho de 2013

NOVOS EMPREGOS EM MOÇAMBIQUE...

INTERNACIONAL
Dados da Direcção Provincial do Trabalho
Moçambique: Província do Niassa empregou mais de três mil pessoas no primeiro semestre
Maputo - Um total de 3.837 cidadãos, incluindo 712 mulheres, conseguiram emprego durante o primeiro semestre deste ano, em diferentes áreas de actividade, na província nortenha do Niassa, segundo dados da Direcção Provincial do Trabalho.
As admissões directas no Niassa, à semelhança do que tem vindo a acontecer em outras províncias, foram as mais recorridas pelos empregadores, com um total de 1.514 candidatos absorvidos, entre os quais 184 mulheres. Outros 537 empregos foram criados no âmbito do Fundo de Desenvolvimento Distrital (FDD) e 19 vagas preenchidas através do Instituto Nacional do Emprego e Formação Profissional (INEFP), isto é, ocupadas pelos candidatos inscritos no Centro de Emprego.

Em relação ao sector público, Niassa admitiu 1.767 funcionários durante o primeiro semestre. O trabalho imigratório cresceu 9% face ao mesmo período de 2012, ao registar o emprego de 120 trabalhadores estrangeiros, em diversos sectores da economia, sobretudo nos sectores das Florestas, Turismo, Indústria e Comércio.

Na área da formação profissional, 1.365 candidatos a emprego e auto-emprego, incluindo cursos curriculares, beneficiaram de acções de formação profissional, dos quais 620 foram mulheres, desde o sector privado até ao público.

As áreas mais destacadas e procuradas pelos candidatos foram as de Gestão de Pequenos Negócios, Carpintaria, Construção Civil, Secretariado, Gestão de Recursos Humanos, Canalização, Corte e Costura.
(c) PNN Portuguese News Network
2013-07-15 16:58:35

3 comentários:

  1. ProvÍncia do Niassa em evolução
    Que não impEçam o progresso
    Os que andam de arma na mão
    Para que aconteça o regresso
    Dos que ainda lá não estão.
    Há por lá muito onde trabalhar
    Assim haja vontade de o fazer
    Empresas para lá deslocar
    Tem mangas para comer
    No lago peixe para pescar!

    Boa noite e um abraço para ti,
    amigo António.

    ResponderEliminar
  2. Estes números estão um tanto ou quanto confusos. Espero que na prática tenha havido alguma evolução positiva porque aquela gente bem precisa.
    É preciso não esquecer que Moçambique vive num regime comunista e muitos dos empregos são pura promoção partidária.

    ResponderEliminar
  3. Olá amigo Páscoa!
    Quando ouvimos falar de Moçambique,ficamos escutando!está no nosso ADN!
    1767 funcionários publicos só no Niassa?..Ou não tinham ninguem até agora ou então andam a estorvar uns aos outros!
    Só 120 estrangeiros!quantos serão Portuguese? Temos muita gente que carece de trabalho e quer sair.
    Um abraço amigo António e sempre Fuzo!

    ResponderEliminar