quarta-feira, 22 de agosto de 2018

E QUEM NÃO SE LEMBRA DA LAURENTINA?

Cervejas de Moçambique vai investir 155 milhões em nova fábrica

A empresa Cervejas de Moçambique (CDM), subsidiária da 'AB-InBev', maior grupo cervejeiro do mundo, anunciou hoje em Maputo a construção de uma nova fábrica na província de Maputo, orçada em 180 milhões de dólares (155 milhões de euros).


O diretor-geral da CDM, Pedro Cruz, disse, durante a cerimónia do anúncio do projeto, que as obras vão iniciar no último trimestre deste ano e a fábrica vai começar a laborar no final de 2019.
A unidade vai produzir inicialmente 200 milhões de litros de cerveja à base de mandioca e milho produzidos em Moçambique, acrescentou Pedro Cruz.
O novo empreendimento vai fabricar as marcas moçambicanas da CDM e cervejas da AB-InVev.
A construção envolverá 1.000 trabalhadores e a fase de produção empregará 235 pessoas.
O diretor da CDM disse que a aposta na nova fábrica está a ser impulsionada pelos bons resultados que a empresa tem alcançado em Moçambique e pelo quadro fiscal estável e ambiente favorável ao investimento que o país oferece.
A unidade será a quarta da CDM no país.


7 comentários:

  1. Que nunca falte a cerveja! :)

    Beijos e um excelente dia.

    ResponderEliminar
  2. Estava a ver que não conseguia meter o comentário!
    Num país quente, como Moçambique, vender cerveja é negócio garantido!

    ResponderEliminar
  3. Tenho um colega de Gabinete que é moçambicano.
    E que está agora lá em férias.
    Será que o Cipriano é um dos investidores?? :)))
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
  4. Se o povo quer cerveja, vamos ter cerveja. #moçambiquecomcerveja

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. I like your blog, which help promote your blog and
    we hope that your blog is being updated.
    Royal1688

    ResponderEliminar