NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

quinta-feira, 22 de maio de 2014

MAD IN PORTUGAL...

MAD IN PORTUGAL
Aluno do 9.º ano em Lisboa Impedido de fazer prova por 10 cêntimos
Denúncia partiu do avô.
Um aluno do 9º ano da Escola Secundária D. Dinis, em Lisboa, foi ontem impedido de realizar o teste de português por não ter 10 cêntimos no cartão de pagamentos escolar para pagar o impresso. A denúncia partiu do avô, José Rato, que considera revoltante o processo burocrático instalado. "O meu neto tinha os dez cêntimos em dinheiro, mas para carregar o cartão o mínimo são 50 cêntimos. Como os impressos só poderiam ser adquiridos com cartão, não o deixaram pagar a dinheiro", conta. "Na sala de aulas explicou o sucedido à professora, que decidiu, então, que os alunos sem o impresso teriam de abandonar a sala e não fazer o teste. O meu neto disse-me que tiveram de sair três", acrescentou o avô, residente em Marvila. O CM solicitou um esclarecimento à direção da escola, mas tal não foi possível até ao fecho da edição.

2 comentários:

  1. Mad in Portugal,
    se por acaso for verdade
    aonde é que está afinal
    a governabilidade.

    São disparates,
    sem lamentos
    os governantes
    são nojentos!

    Um abraço para ti amigo António.

    ResponderEliminar
  2. Isto tornou-se mesmo um país de lunáticos. É preciso cartões para tudo, que ridículo! Impedir um aluno de fazer o exame por causa de uma questão bur(r)ucrática.
    Olhe, fiquei estupefacta, António!

    ResponderEliminar