NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

A VOLTA PASSOU NA FIGUEIRA DA FOZ...

Estes ciclistas estrangeiros, foram os primeiros a passar

E lá vão eles, rumo Figueira da Foz

Os dois primeiros, com 15 minutos de avanço

O carro de apoio

O pelotão fazendo esforço, contra o vento que se fazia sentir

O último na maior

O helicóptero da RTP


Os carros de apoio

A subir a Ponte Edgar Cardoso, Gala-Figueira.

5 comentários:

  1. A meia volta afinal
    Passou na Figuera da Foz
    Já não passa no Cercal
    do Alentejo, tem outra voz
    Outra rota, a meia volta a Portugal.

    Boa noite para ti amigo António,
    um abraço.
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  2. A subir a Ponte Edgar Cardoso,
    Gala-Figueira
    Numa divertida brincadeira
    À sobra da figueira no goza!

    ResponderEliminar
  3. Bom trabalho Amigo Páscoa, é assim mesmo, o Ciclismo é uma modalidade popular que foi sempre muito acarinhada pelos Portugueses, é pena que alguns ciclistas na ânsia de melhores resultados recorram a substâncias proibidas, e que mais tarde ou mais cedo eles próprios sofrem as consequências dos seus actos, mais não seja em termos de saúde, ou falta dela.
    Um abraço
    Virgílio

    ResponderEliminar
  4. Ainda me lembro quando era menina, devido à C.U.F. às fábricas de cortiça e às Secas de bacalhau,o Barreiro era uma terra importante,e não havia volta a Portugal que não fizesse o trajeto pela estrada Nacional que vem de Coina, para o Barreiro. Penso que viriam de Setúbal, mas não tenho a certeza. Meu pai punha o meu irmão às cavalitas, dava uma mão à minha irmã e a outra a mim, e ia para a estrada, para ver-mos passar a volta. Ia-mos sempre para junto dos depósitos de água, na subida para a Quinta da Lomba, porque ele dizia que como era uma subida eles vinham mais devagar, viam-se melhor.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  5. Lembro-me muito bem desse local amiga Elvira, eu via-os passar na estrada da Mata da escola de fuzileiros.

    ResponderEliminar