NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

sábado, 28 de fevereiro de 2015

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

BOM FIM DE SEMANA...


Numa praia onde o sol brilha!


Vou partir à procura dum fim de semana cor-de- rosa, meus amigos e amigas, façam favor de serem felizes e tenham um ótimo fim de semana!...

SERÁ VERDADE, OU FOI UM SONHO?

Finalmente Uma Boa Notícia!

Aluguer de contadores de água, luz e gás acaba dia 26 Maio de 2015
NÃO ESQUECER!

Aluguer de contadores de Água, luz e gás acaba dia 26 Maio de 2015
Os consumidores vão deixar de pagar os alugueres de contadores de
água, luz ou gás a partir de 26 de Maio próximo. Nesta data entra
também em vigor a proibição de cobrança bimestral ou trimestral destes
serviços, segundo um diploma que foi ontem publicado na edição do
Diário da República.
A factura de todos aqueles serviços públicos vai ser obrigatoriamente
enviada mensalmente, evitando o acumular de dois ou três meses de
facturação, indica a Lei 12/2008, ontem publicada no boletim oficial e
que altera um diploma de 1996 sobre os 'serviços públicos essenciais'.

A nova legislação passa a considerar o telefone fixo também como um
serviço essencial e inclui igualmente nesta figura as comunicações
móveis e via Internet, além do gás natural, serviços postais, gestão
do lixo doméstico e recolha e tratamento dos esgotos.
O diploma põe fim à cobrança pelo aluguer dos contadores feita pelas
empresas que fazem o abastecimento de água, gás e electricidade.

Também o prazo para a suspensão do fornecimento destes serviços, por
falta de pagamento, passa a ser de dez dias após esse incumprimento ,
mais dois dias do que estava previsto no actual regime.

Outra mudança importante é o facto de o diploma abranger igualmente os
prestadores privados daqueles serviços, classificando-os como serviço
público, independentemente da natureza jurídica da entidade que o
presta.
Numa reacção à publicação do diploma em causa, 'a Deco
congratula-se com estas alterações, há muito reivindicadas', afirmou à
agência Lusa Luís Pisco, jurista da associação de defesa do
consumidor.
O diploma ontem publicado, para entrar em vigor a 26 de Maio, proíbe
também a cobrança aos utentes de qualquer valor pela amortização ou
inspecção periódica dos contadores, ou de 'qualquer outra taxa de
efeito equivalente'.





terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

ATÉ CONSEGUIRAM AUMENTAR O MÊS DE FEVEREIRO...


Só hoje tive conhecimento deste aumento, peço desculpa não vos ter informado mais cedo, são mais três dias de trabalho, são mais dois mil milhões para amortecer a dívida!
Para o próximo ano vai ser erguida uma estátua a Luís Albuquerque em Bruxelas!
VIVA O FILHO OBEDIENTE POVINHO.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

UM BAIRRO ANTIGO, O MARUJO E O FADO...


Era um fim de semana de folga, o marinheiro embarca na vedeta da marinha na Base Naval do Alfeite rumo a Lisboa, depois da travessia do Tejo, com sonhos girando na sua cabeça desembarca na Doca da Marinha, atravessa o Terreiro do Paço, sobe a Rua Augusta dirigindo-se a S. Domingos, pára na 1ª tasca, pede uma ginja com elas! Com elas se senta à mesa da sala e vão mais três cafés com cheirinho, é chegada a hora do lanche, dirige-se como habitualmente às ruelas estreitas do Bairro Alto, tascas típicas porta sim, porta não, ao dobrar a esquina um cheirinho bem conhecido a iscas na frigideira convida-o a entrar, ao balcão pede as iscas quentinhas no pão e uma sagres, com as baterias a meia carga, vai mais uma caminhada que termina ao anoitecer numa casa típica do fado, senta-se, o silêncio é de ouro, é uma voz que canta acompanhada à guitarra e viola portuguesas que choram a trinar, segue-se um intervalo e recomeça com uma jovem fadista morena de cabelos longos que, cantando se dirige à mesa do marinheiro, estende-lhe a mão que de pronto num impulso incontrolável a beija mui respeitosamente, acabada a sua atuação, pede licença para se sentar a seu lado, mais uma bebida se faz favor, cantou mais um fado desta vez dedicado ao marinheiro que entusiasticamente a ia aplaudindo...
Conversa puxa conversa, informa o seu já amigo marinheiro, que tinha nascido na Figueira da Foz e cantava há dois anos em Lisboa, a noite ia longa e resolveram sair juntos de mãos dadas até à Praça da Figueira e foi ali na Pensão Figueira que tiveram uma louca noite de amor, foi de madrugada que soube que teria sido uma despedida, pois a viagem do seu marinheiro estava marcada dois dias depois para Moçambique!



Dois anos e meio depois regressa e foi o primeiro local procurado, (a casa de fados no Bairro Alto), os proprietários eram os mesmos, mas a fadista tinha partido com o namorado para a América...
Doze anos decorridos o marinheiro já casado, sentado no seu sofá em frente da televisão, assiste a um espetáculo organizado pelas comunidades portuguesas, numa localidade americana e ouve anunciar o nome da fadista, ia caindo para o lado! (Ela estava ali e ia cantar o fado), doze anos mais velha mas sempre bonita e elegante e a longa distância que os separava não impediu que o coração marinheiro batesse mais forte e que as belas recordações do Bairro e da fadista estivessem bem presentes na sua memória e assim fado e marinheiro continuarão de mãos dadas para a eternidade.




sábado, 21 de fevereiro de 2015

SÓ QUATRO MESES?

Temos que alterar o tempo de discursos e meter mãos ao trabalho, quatro meses é pouco e agora?

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

ESTOU SOLIDÁRIO COM A SENHORA...


Porque imagino como se está sentindo tão só!

E quando se perde alguém que sempre procurou o calor amado, que chorava de alegria, que gemia de prazer, sente-se uma enorme tristeza e todos nós, independentemente do sexo, iremos perceber a falta desse alguém quando o tempo começar a pesar sobre as nossas cabeças, por isso e só por isso, estou solidário com esta senhora! Por agora espero que...


quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

ODE MARÍTIMA...

Um dos melhores poemas de Fernando Pessoa!


Sozinho, no cais deserto, a esta manhã de Verão,
Olho pró lado da barra, olho pró Indefinido,
Olho e contenta-me ver,
Pequeno, negro e claro, um paquete entrando.
Vem muito longe, nítido, clássico à sua maneira.
Deixa no ar distante atrás de si a orla vã do seu fumo.
Vem entrando, e a manhã entra com ele, e no rio,
Aqui, acolá, acorda a vida marítima,
Erguem-se velas, avançam rebocadores,
Surgem barcos pequenos detrás dos navios que estão no porto.
Há uma vaga brisa.
Mas a minh’alma está com o que vejo menos.
Com o paquete que entra,
Porque ele está com a Distância, com a Manhã,
Com o sentido marítimo desta Hora,
Com a doçura dolorosa que sobe em mim como uma náusea,
Como um começar a enjoar, mas no espírito.
Olho de longe o paquete, com uma grande independência de alma,
E dentro de mim um volante começa a girar, lentamente.
Os paquetes que entram de manhã na barra
Trazem aos meus olhos consigo
O mistério alegre e triste de quem chega e parte.
Trazem memórias de cais afastados e doutros momentos
Doutro modo da mesma humanidade noutros pontos.
Todo o atracar, todo o largar de navio,
É — sinto-o em mim como o meu sangue —
Inconscientemente simbólico, terrivelmente
Ameaçador de significações metafísicas
Que perturbam em mim quem eu fui…
Ah, todo o cais é uma saudade de pedra!
E quando o navio larga do cais
E se repara de repente que se abriu um espaço
Entre o cais e o navio,
Vem-me, não sei porquê, uma angústia recente,
Uma névoa de sentimentos de tristeza
Que brilha ao sol das minhas angústias relvadas
Como a primeira janela onde a madrugada bate,
E me envolve com uma recordação duma outra pessoa
Que fosse misteriosamente minha.

PORTINHO DA GALA DESESPERA COM UM DOS PIORES ANOS DA PESCA DA LAMPREIA!

Anildo Ramos e José Tesouro, no Portinho da Gala, freguesia de São Pedro. FOTO DB/JOT'ALVES
Anildo Ramos e José Tesouro, no Portinho da Gala, freguesia de São Pedro. FOTO DB/JOT’ALVES
Era uma vez um grupo de pescadores com embarcações amarradas no Portinho da Gala, na Figueira da Foz, que se queixava sempre que a época da lampreia já não é o que era. E tinha razão.
Porém, o “pior ano” das duas últimas décadas ainda estava para chegar, mas chegou. José Tesouro, 59 anos, pescador desde os 17, afiança a esta reportagem que “todos dizem que este ano está a ser mesmo mau”.
Anildo Ramos, 59 anos, faz suas as palavras do companheiro de faina. Este pescador figueirense fala na primeira pessoa aquilo que os quatro anos de experiência no mar e no Mondego lhe ensinaram, mas há muito que ouve dizer que os tempos áureos da pesca do ciclóstomo são águas passadas. “O ano passado foi mau, mas foi muito melhor do que este ano”, garante.
                                                                                     (Diário as Beiras)

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

O CARNAVAL FOI ASSIM NA COVA-GALA...







Depois da bela feijoada e dos torresmos, o Carnaval da Cova-Gala! Nada melhor para ajudar a digestão, da máscara com a minha idade já não preciso, só preciso conservar no meu interior o espírito jovem.

domingo, 15 de fevereiro de 2015

TRADIÇÕES BEM PORTUGUESAS QUE DEVEMOS PRESERVAR...


Ao almoço a bela feijoada à portuguesa


O início da preparação dos rojões, ou torresmos


Que se foram degustando durante a tarde


Não é tarde para ensinar os mais novos


E o "professor Querido" deu início à aula



Prontos a servir, vamos a eles



O vinho que eu gosto, para acompanhar


E em dia dos namorados não podia faltar o respetivo bolo com os docinhos corações.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

É DE COIMBRA A MELHOR DO MUNDO...



Judo Telma Monteiro é a melhor do mundo

A judoca portuguesa mostrou a sua alegria nas redes sociais, após subir no ranking mundial da categoria -57kg.
Telma Monteiro é a melhor judoca feminina do mundo na categoria -57 kg. A atleta portuguesa recorreu ao Facebook para publicar o ranking e mostrar a sua satisfação com a distinção.


“Sou nº 1 do Ranking Mundial!!! Orgulho em todo o meu caminho até aqui. Muito feliz por pôr Portugal no topo. 

OS BRAÇOS DE FERRO...


Decisão adiada para segunda feira!

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

SE O PAPA FRANCISCO VISITAR PORTUGAL...

A corrosiva da semana

Quando o Papa Paulo VI veio a Portugal, vivíamos em 'ditadura', era então 1º ministro o Dr. Oliveira Salazar.

O Papa perguntou-lhe qual o motivo de ter tantos ministros, obtendo a seguinte resposta:

- Santidade, Jesus tinha 12 apóstolos, eu tenho 12 ministros.

Em 2015, se o Papa Francisco visitar Portugal e perguntar ao 1º ministro para quê 40 ministros e secretários de estado, este, certamente, responderá:

- Bem, Santidade... Ali Babá tinha 40 ladrões
!!!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

O NOSSO MAIS PROFUNDO RECEIO...

O nosso mais profundo receio não é o facto de sermos desadequados.
O nosso mais profundo receio é podermos ser poderosos, para além do permitido.
É a nossa luz, não a nossa escuridão o que mais nos assusta.
Perguntamo-nos:
Quem somos nós para sermos brilhantes, deslumbrantes, talentosos e fabulosos?
Na verdade, quem somos nós para não o ser?
Somos todos filhos de Deus.
Fazermo-nos pequeninos em nada serve o Mundo.
Nada há de construtivo em encolhermo-nos,
Apenas para os outros não se sentirem inseguros à nossa volta.
Todos nós estamos destinados a brilhar, como as crianças.
Nascemos para manifestar a Glória de Deus, que existe dentro de nós.
Não vive apenas em alguns de nós. Está em todos nós.
E quando deixamos a nossa luz brilhar
Estamos inconscientemente a dar permissão aos outros para fazer o mesmo.
E quando nos libertamos dos nossos medos,
A nossa presença automaticamente liberta os outros.


( Nelson Mandela)

Nelson Mandela, perpetuado na Figueira da Foz!
Na próxima quarta feira, vai proceder-se ao descerramento da placa toponímica da Rotunda Nelson Mandela na Figueira da Foz.

domingo, 8 de fevereiro de 2015

5º ANIVERSÁRIO DO "FIGUEIRA MINHA"...


São cinco anos a remar
Em águas limpas e turvas
De mãos dadas vamos saltar
Transpondo obstáculos e curvas!


Com teus saborosos figos
Na NET tens caminhado
Acompanhada de grandes amigos
Lado a lado nos tens levado!

Teus figos iremos saborear
Aqui na Foz do Mondego
És linda de enfeitiçar
Segue em frente, não tenhas medo.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

MAS É QUE NÃO DÁ MESMO...


Nem para sair de casa, é um frio de rachar e os serviços de meteorologia apontam Portugal sob,aviso amarelo até domingo, já lá vão 700€ de gasóleo de aquecimento, já me lembrei escrever ao São Pedro porque não há corpo nem carteira que aguente, a idade não volta atrás mas a gripe pode voltar e se escapei duma, posso não escapar da 2ª, é que assim não dá mesmo!

Tentem ter um bom fim de semana com o meu abraço,
esse sim cheio de calor e amizade.