NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

NATAL ILUMINADO DE ALEGRIA PARA TODOS!

sexta-feira, 25 de julho de 2014

O MEU LOURO (LAURUS NOBILIS)...

Baga verde

No meu terreno existem 5 árvores (Loureiros), mas só uma dá estas bagas, andava convencido que era fêmea, até que a minha curiosidade me levou a pesquisar e a nossa amiga NET me informou o seguinte!

Baga madura

Sementes Loureiro ou Louro (Laurus nobilis)
  Preço para o pacote de 5 sementes.  
O loureiro ou louro (Laurus nobilis) é uma árvore do gênero Laurus da família botânica das Lauraceae.
É uma espécie originária do Mediterrâneo. Varia entre 5 e 10 m, mas pode atingir até 20 m de altura. Suas folhas são vistosas, coriáceas e com odor muito característico, por isso são muito usadas na culinária. O seu fruto é do tipo baga e quando maduro tem cor negra. Além disso a madeira dessa árvore é de excelente qualidade.
Na Grécia Antiga as coroas confeccionadas com ramos de louro eram o símbolo da vitória para os atletas e heróis nacionais e também era consagrada a Apolo. Esse costume também foi herdado na Roma na época dos Césares. Por isso o termo laureado deriva justamente do gênero Laurus.
A medicina popular indica o chá das suas folhas em caso de problemas com a digestão.
É necessária extrema atenção para não confundir com o loureiro-rosa (Nerium oleander), que serve unicamente para ornamentação, e cujas folhas e bagas são muito tóxicas, podendo uma simples folha causar a morte a um adulto devido aos problemas cardíacos que pode provocar.
Existem duas espécies semelhantes e do mesmo género endémicas dos arquipélagos dos Açores (L. azorica), Madeira e Canárias (L. novocanariensis). Na ilha da Madeira, o óleo obtido da baga do loureiro endémico é conhecido por possuir propriedades anti-inflamatórias, sendo utilizado localmente como remédio caseiro para diversas maleitas, podendo cada litro atingir preços de mercado elevadíssimos.

terça-feira, 22 de julho de 2014

quinta-feira, 17 de julho de 2014

MILAGRE, OU ISTO VAI MESMO MUDAR?



MP exige pena de prisão para ex-ministra da Educação

Procurador admite a suspensão da pena se a antiga governante indemnizar o Estado. Maria de Lurdes Rodrigues está acusada de ter gasto 265 mil euros para contratar irmão de um dirigente socialista.
O Ministério Público exigiu esta quinta-feira pena de prisão para a ex-ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues no processo em que está acusada de ter gasto 265 mil euros para contratar o irmão do dirigente socialista Paulo Pedroso, avança a SIC. João Pedroso foi contratado para fazer uma compilação da legislação portuguesa sobre o ensino.
O procurador admitiu que a pena poderá ser suspensa se a ministra indemnizar o Estado. A Maria de Lurdes Rodrigues é imputado um crime de prevaricação de titular de cargo político, cuja moldura penal oscila entre os dois e os oito anos de cadeia — tal como sucede com os restantes arguidos neste processo, incluindo João Pedroso.
Os factos remontam ao período entre 2005 e 2008, altura em que a então governante socialista resolveu contratar, por ajuste directo, os serviços do advogado João Pedroso, que por sua vez chamou também para o ajudar na tarefa um estagiário do seu escritório e um filólogo que havia trabalhado no Ministério da Educação.
O despacho de pronúncia dos arguidos diz que não existe nenhum registo de que Maria de Lurdes Rodrigues tenha tentado apurar se a tarefa que entregou ao grupo de trabalho podia ter sido desempenhada por pessoal do Ministério da Educação.
A acusação menciona ainda a “total ausência de fiscalização”, por parte da tutela, do cumprimento dos serviços adjudicados, realçando a afinidade político-partidária entre os arguidos, todos da esfera política do PS. 

quarta-feira, 16 de julho de 2014

O BOTÃO E A ROSA...


O botão nasceu primeiro e talvez atraído pelo cheiro a perfume da rosa, juntaram-se e formaram um bonito e perfumado jardim onde as crianças se divertiam nas suas ingénuas e inocentes brincadeiras, cresceram com as rosas e hoje todos nós fazemos parte desse jardim, vamos todos dar as mãos e cuidar dele, combatendo as ervas daninhas que teimam em fazê-lo secar, e assim o botão, a rosa, o cravo, ou a margarida, continuarão a perfumar o nosso cantinho para sempre.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

JÁ SÓ É NECESSÁRIO APRENDER O MANDARIM NO MUNDO...



Sindicato Onze professores de Português no Estrangeiro foram despedidos

Onze professores do Ensino de Português no Estrangeiro (EPE) foram notificados sobre o fim das suas comissões de serviço no Luxemburgo, Bélgica e Holanda, na passada sexta-feira, divulgou hoje fonte sindical.
Na passada sexta-feira, 11 docentes do Luxemburgo, Bélgica e Países Baixos, receberam do instituto Camões, através de correio eletrónico, uma nota na qual lhes era comunicado o término da sua comissão de serviço devido a extinção do posto de trabalho", disse à Lusa Maria Teresa Duarte Soares, secretária-geral do Sindicato dos Professores nas Comunidades Lusíadas 
De acordo com a sindicalista, o contingente de professores nestes três países, que era no total de 33, será apenas de 22 no próximo ano letivo, sem ter havido uma diminuição significativa do número de alunos.
O corte nos horários deve-se à exigência de um maior número de alunos por turma no ensino integrado do Luxemburgo e no ensino paralelo da Bélgica e Holanda, sendo assim necessário menos professores, de acordo com a sindicalista.
"Essa exigência está ligada ao facto de os alunos não pagarem propina, dado que a mesma não é aplicada aos cursos integrados e a sua aplicação foi vetada pelos Ministérios da Educação dos dois últimos países", sublinhou.
Maria Teresa Duarte Soares referiu que os cinco professores despedidos no Luxemburgo são os que têm mais tempo de serviço, considerando que este critério de despedimento é injusto, por terem os salários mais altos.
A sindicalista referiu ainda que já foi pedido pelo SPCL uma reunião à embaixadora de Portugal no Luxemburgo, Maria Rita da Franca Sousa Ferro Levy Gomes, para tentar esclarecer esta situação.
Na semana passada, a sindicalista já havia alertado que "30 docentes regressarão [de férias] para descobrirem que estão no desemprego, devido ao desaparecimento dos horários que lecionavam, visto o instituto Camões ter já informado ser esse o número de horários a extinguir" nos vários países.
Segundo Maria Teresa Duarte Soares, outro país a ser bastante afetado por estas medidas será a França.
A rede do Ensino de Português no Estrangeiro (EPE) inclui cursos de português integrados nos sistemas de ensino locais e cursos associativos e paralelos, assegurados pelo Estado português, em países como a Alemanha, Espanha, Andorra, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, França, Reino Unido, Suíça, África do Sul, Namíbia, Suazilândia e Zimbabué.
                                                                                    ( Fonte Notícias ao Minuto)

quarta-feira, 9 de julho de 2014

E OS ALEMÃES CONTINUAM A SAMBAR...

Começaram com Portugal, tiraram os coelhos da cartola, enfiaram-nos na toca e o Rui Patrício, Paulo Bento e o melhor do mundo a vê-los entrar, os americanos foram os únicos que lhes fizeram sombra!

Prepararam as danças, os maestros, tudo ao pormenor e ontem a música tocou, fizeram abanar as bancadas com os olés alemães,

No próximo domingo acabam os treinos e vão ficar preparados para o futebol e para participarem no próximo desfile carnavalesco.
(fotos sacadas da Net)

domingo, 6 de julho de 2014

QUE TENS MEU AMOR?


Ao chegar mais cedo a casa, um homem encontra,
A sua mulher na cama, nua e ofegante...
- Que tens meu amor, sentes-te bem?
Aflita, responde a mulher:
- Acho que estou a ter um ataque de coração…
O filho do casal irrompe no quarto:
- Papá, o tio Alfredo está todo nu na casa de banho!
O homem corre para a casa de banho e dá de caras com o familiar:
- Parece impossível Alfredo. A tua cunhada a ter um enfarte e tu aqui a assustar as crianças!

quinta-feira, 3 de julho de 2014

O QUE É A SALICÓRNIA?

SALICÓRNIA NASCE NAS SALINAS EIRAS LARGAS NA FIGUEIRA DA FOZ
A Salicórnia é uma planta que suporta elevadas taxas de salinidade, sendo por isso, classificada como halófita. Esta Salicórnia nasce nas Salinas Eiras Largas na Figueira da Foz.
A Salicórnia pode ser utilizada para substituir o sal nas saladas, por exemplo na salada de tomate. Também pode ser salteada com legumes ou em omeleta. Recomendamos uma boa associação da Salicórnia da Salina Eiras Largas com o Requeijão da Quinta do Jorumelo: simplesmente por cima das fatias do requeijão ou envolvida pelo requeijão. Na Internet encontrará mais receitas de salicórnia.
A salicórnia deve ser conservada no frio mais ou menos por 1 semana.
Se desejar poderá conservá-la em vinagre por alguns meses.
A SALICÓRNIA – SUBSTITUTA DO SAL
A Salicórnia é uma planta que nasce nos talhos da Salina Eiras Largas. Porque é banhada com a água salgada do mar, que serve para fazer o sal, a salicórnia tem um travo salgado, substituindo o sal na alimentação. A sua aplicação mais generalizada é nas saladas, ligeiramente migada, conferindo um sabor às saladas inigualável. A planta também é boa para temperar outros pratos como por exemplo, peixe cozido ao vapor e batatas cozidas,etc.
A SALICÓRNIA – ALTERNATIVA PARA HIPERTENSOS
O Dr. Miguel Boeiro,na Revista Saúde Actual, refere que “para além das abundantes vitaminas, proteínas, ácidos gordos e sais biológicos altamente assimiláveis e vitais para o equilibrio alimentar, a salicórnia é especialmente recomendada para os hipertensos, uma vez que pode ser um vantajoso substituto do sal das cozinhas”.
SALINA EIRAS LARGAS
A Salina Eiras Largas é uma pequena salina que está no 3º ano de conversão para a agricultura biológica e que já tem a sua Flor de Sal Laminada certificada pela SATIVA. É gerida numa filosofia de desenvolvimento integrado em que se tenta articular a produção de sal, com o ambiente, a flora, a fauna e a cultura associada aos marnotos. Além dos produtos inovadores que apresenta a Salina Eiras Largas também está aberta a visitas guiadas para que se perceba como se pode fazer uma gestão integrada de uma actividade tradicional e qual o circuito da água até se fazer o sal. No verão os visitantes podem mesmo “rer” o sal e recolher a flor de sal tradicional e a laminada. Para os grupos que desejem há degustação de produtos oriundos da salina.
Salicórnia à venda na loja online da CASA DO SAL DA FIGUEIRA DA FOZ